Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

operação questor

PF aguarda perícia para concluir inquérito

6 JUN 2011Por EVELIN ARAUJO11h:02

O delegado chefe da Polícia Federal, Alexandre do Nascimento, informou que ainda aguarda a perícia dos computadores apreendidos durante a Operação Questor e resultados periciais de documentos analisados pela Controladoria Geral da União (CGU) para conclusão de inquérito, que deve sair em 20 dias, para repassar os dados para o Ministério Público Federal (MPF). Como já não há mais investigados presos, o inquérito pode ir além dos dez dias previstos para a conclusão em caso de réus na prisão.

Inicialmente, a PF esperava concluir os trabalhos no final de maio. A operação investiga a existência de um suposto esquema que fraudava licitações públicas na Prefeitura ladarense e teria desviado a quantia de R$ 500 mil em recursos federais destinados à saúde, educação e infraestrutura daquele município.

Após a conclusão do inquérito serão conhecidos os indiciamentos individuais de cada um dos acusados, que, de acordo com o delegado podem ser indiciados por fraude em licitações; corrupção ativa e passiva, peculato; formação de quadrilha; concussão e desvio de dinheiro público.

Deflagrada em 16 de maio, a Operação Questor da Polícia Federal foi o desfecho de uma investigação da CGU e MPF que durou um ano. De acordo com as investigações. Foram cumpridos quatro mandados de prisão temporária em Corumbá; dois em Ladário e um em Campo Grande, além de outros 26 mandados de busca e apreensão.

Com informações do Diário Online

Leia Também