Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ALTA

Petróleo sobe com dólar fraco e fecha acima de US$ 112

Petróleo sobe com dólar fraco e fecha acima de US$ 112
21/04/2011 18:47 - ESTADÃO


O preço do petróleo negociado no mercado futuro subiu, impulsionado pelo declínio do dólar, que torna as commodities denominadas na moeda norte-americana mais baratas para os detentores de outras divisas. O ajuste de posições antes do fim de semana prolongado também contribuiu para o avanço dos preços.

 O contrato do petróleo para junho negociado na New York Mercantile Exchange (Nymex) subiu US$ 0,84, ou 0,75%, para US$ 112,29 por barril. Na plataforma ICE, o contrato do petróleo tipo Brent para junho avançou US$ 0,30, ou 0,2%, para US$ 124,15 por barril.

"O principal componente que as pessoas do petróleo estão olhando no momento é o dólar, e o dólar está sendo dizimado", disse Rich Ilczyszyn, operador de commodities da Lind-Waldock. Nesta quinta-feira, a moeda norte-americana atingiu seu menor nível desde agosto de 2008 em relação a uma cesta de divisas.

Outro fator que contribuiu para o avanço dos preços do petróleo foi o fato de investidores terem liquidado posições vendidas antes do início do feriado de Páscoa, segundo Peter Donovan, vice-presidente da Vantage Trading. Segundo ele, ainda há muita preocupação com a possibilidade de mais tensões nos países árabes. As informações são da Dow Jones.

Felpuda


Sindicalista defende o fim de mordomias e privilégios dos políticos e dos integrantes de outros Poderes, conforme divulgação feita por sua assessoria. Para ele, está na hora de se colocar um basta nessa situação, questionando, inclusive, o número de parlamentares e de assessores. Entretanto, não demonstra a mesma aversão por aqueles dirigentes de sindicatos que se perpetuam no poder e que comandam mais de uma entidade, assim como ele. Afinal, o exemplo deve vir de casa, né?