Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

PERSPECTIVAS

Petrobras projeta captar US$ 50 bi em 4 anos

6 ABR 2011Por ESTADÃO00h:00

O diretor Financeiro e de Relações com Investidores da Petrobras, Almir Barbassa, afirmou ontem que a Petrobras ainda precisará captar cerca de US$ 50 bilhões para fazer frente ao Plano de Negócios do período 2010-2014. As operações, segundo o executivo, devem totalizar até o fim do período entre US$ 12 bilhões e US$ 18 bilhões por ano.

No primeiro ano do ciclo, as captações da companhia de petróleo somaram cerca de US$ 40 bilhões, entre o resultado líquido da capitalização realizada pela Petrobras no segundo semestre do ano e as demais operações. Neste ano, a estatal já levantou US$ 6 bilhões em emissão de títulos ocorrida em janeiro.

Segundo Barbassa, a estatal poderá voltar a acessar o mercado internacional até o fim de 2011. Eventuais operações, porém, não serão realizadas com moeda norte-americana. "Já fizemos operação em dólar este ano", disse. Na semana passada, o executivo já havia indicado que a Petrobras poderia emitir títulos da dívida em iene, euro ou libra esterlina. A única restrição seria de fato a moeda dos Estados Unidos.

Após criticar, durante evento promovido hoje pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), a baixa competitividade das linhas de recursos disponíveis no mercado brasileiro, Barbassa foi questionado por jornalistas se a Petrobras poderia emitir títulos em reais no mercado interno. O executivo não descartou a possibilidade, mas ressaltou que a Petrobras nunca fez este tipo de operação.

Barbassa também foi questionado sobre a recente obtenção do grau de investimento pelo Brasil e sobre possíveis impactos do anúncio para a estatal. Breve na resposta, ele se limitou a dizer que o Brasil "hoje está melhor", o que poderia refletir no rating (classificação de risco de crédito) concedido às empresas brasileiras, incluindo a Petrobras.

Leia Também