segunda, 16 de julho de 2018

FERTILIZANTES

Petrobras pede para instalar fábrica em Três Lagoas

11 JAN 2011Por Rose Rodrigues, Três Lagoas00h:00

Prestes a iniciar a construção de uma fábrica de fertilizantes em Três Lagoas, a Petrobras solicitou esta semana ao Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul-Imasul, a licença de instalação da unidade, que permite o inicio das obras de construção nova fábrica. A licença prévia já havia sido concedida em novembro do ano passado. Também foi solicitada no mesmo requerimento a licença prévia para a subestação e linhas de transmissão que vão ligar a Termelétrica Luiz Carlos Prestes até a fábrica, que será construída no novo distrito industrial, numa área de 556 hectares, às margens da Rodovia BR 395, entre Três Lagoas e Selvíria. O licenciamento ambiental tem três etapas: licença prévia, de instalação e operação.
 
A fábrica de fertilizantes de Três Lagoas será a maior do mundo, com produção anual de 1 milhão e 250 mil toneladas/ano de uréia granulada e perolada e 81 mil toneladas/ano de amônia. Posteriormente também será agregada a produção de nitrogênio e potássio. A nova unidade da Petrobras será construída na Rodovia BR 395, no Distrito Industrial Córrego Moeda, onde se já estão instaladas as fábricas da International Paper e Fibria. A área foi adquirida pelo Governo Estadual e Prefeitura no valor de R$ 5,98 milhões.

O projeto da nova fábrica vai se juntar às unidades da Bahia e Sergipe e receberá investimentos de aproximadamente US$ 2,2 bilhões e deve gerar cerca de sete mil empregos diretos (na fase de construção) e cerca de 500 quando entrar em operação. Os fertilizantes produzidos em Três Lagoas devem suprir a deficiência do Brasil neste setor, que atualmente só produz 10% do que usa.
 

Leia Também