Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Petrobras descarta aceitar redução do volume importado da Bolívia

14 FEV 08 - 19h:22
     

        A Petrobras descartou a possibilidade de redução da demanda de gás natural prevista no contrato de importação entre Brasil e Bolívia. A direção da estatal reuniu-se nesta quinta-feira com o vice-presidente boliviano, Álvaro Garcia Linera, na sede da companhia, no Rio.

         

        Linera afirmou na última quarta-feira que iria discutir com a Petrobras a possibilidade de limitar o fornecimento de volume entre 27 milhões a 29 milhões de metros cúbicos/dia - essa é a média histórica de importação do gás boliviano.

         

        O contrato que rege o Gasbol (Gasoduto Bolívia-Brasil) prevê que o Brasil poderá importar até 32 milhões de metros cúbicos/dia, havia informado o vice-presidente. Ele veio ao Brasil acompanhado do ministro de Hidrocarbonetos da Bolívia, Carlos Villegas.

         

        (Com informações da Folha Online)

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Destaques da Honda no Salão de Milão 2019
CORREIO VEÍCULOS

Destaques da Honda no Salão de Milão 2019

CLÁUDIO HUMBERTO

Meu governo tem os olhos postos no mundo, mas em primeiro lugar no Brasil

Confira o seu astral para esta segunda-feira
OSCAR QUIROGA

Confira o seu astral para esta segunda-feira

CORREIO DO ESTADO

Confira o editorial desta segunda-feira: "Relacionamento sempre difícil"

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião