Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Petrobras descarta aceitar redução do volume importado da Bolívia

14 FEV 08 - 19h:22
     

        A Petrobras descartou a possibilidade de redução da demanda de gás natural prevista no contrato de importação entre Brasil e Bolívia. A direção da estatal reuniu-se nesta quinta-feira com o vice-presidente boliviano, Álvaro Garcia Linera, na sede da companhia, no Rio.

         

        Linera afirmou na última quarta-feira que iria discutir com a Petrobras a possibilidade de limitar o fornecimento de volume entre 27 milhões a 29 milhões de metros cúbicos/dia - essa é a média histórica de importação do gás boliviano.

         

        O contrato que rege o Gasbol (Gasoduto Bolívia-Brasil) prevê que o Brasil poderá importar até 32 milhões de metros cúbicos/dia, havia informado o vice-presidente. Ele veio ao Brasil acompanhado do ministro de Hidrocarbonetos da Bolívia, Carlos Villegas.

         

        (Com informações da Folha Online)

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

CHILE

Bombeiros detectaram alta concentração de monóxido de carbono em apartamento

Acidentes no trânsito deixaram 18,7 mil feridos em MS nos últimos dez anos
INTERNAÇÕES NO ESTADO

Acidentes deixaram 18,7 mil feridos nos últimos dez anos

Em uma semana, mais três mortes por dengue são confirmados no Estado
BOLETIM

Em uma semana, três mortes por dengue são confirmados

Bares venderão cervejas pela metade do preço no Dia sem Imposto
RUA JOSÉ ANTÔNIO

Bares venderão cervejas pela metade do preço na quinta

Mais Lidas