Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Petistas tentarão protelar votação de pedido para processar Puccinelli

1 DEZ 2009Por 22h:45
     

        Karine Cortez e Lidiane Kober

         

A bancada estadual do PT na Assembleia Legislativa vai tentar protelar, para o próximo ano, a votação em plenário do pedido feito pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), para processar o governador André Puccinelli (PMDB) pelos crimes de lavagem de dinheiro e enriquecimento ilícito. A estratégia dos petistas é levar a discussão para 2010 e tentar afetar a imagem de Puccinelli em ano eleitoral. Mas, é justamente isso que a base aliada do Governo quer evitar, votando o quanto antes o pedido ainda este ano e encerrando de vez o assunto. "Apesar de sermos uma bancada minoritária temos feito o nosso trabalho de oposição. Nesse negócio mesmo de processar o governador nós vamos analisar, fazer cumprir o regimento interno e tentar alongar essa discussão para o próximo ano", enfatizou o deputado estadual, Amarildo Cruz (PT).

Para se interar melhor sobre o assunto e analisar o processo do Governador, o deputado estadual e membro da CCJ, Paulo Duarte (PT), havia pedido vistas e seu prazo acabou ontem, mas ele já adiantou que se o parecer do relator do projeto e presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), deputado estadual Júnior Mochi (PMDB), for pela não autorização ao STJ, a bancada do PT votará contra. "Quero que o pedido do STJ seja autorizado e para defender meu voto em plenário pedi vistas. Não tem sentido impedir esse processo", explicou Duarte. Ele ressaltou ainda que a bancada do PT vai exigir que todos os prazos regimentais sejam obedecidos. "Vamos exigir que o trâmite seja rigorosamente cumprido e não vamos admitir acordos para apressar a votação", salientou o parlamentar.

Leia Também