terça, 17 de julho de 2018

pesquisa

Pesquisadores da UnB avaliam merenda de CG

15 NOV 2010Por NADYENKA CASTRO04h:40

Pesquisadores da Universidade de Brasília (UnB) chegam amanhã a Campo Grande para dar início à pesquisa sobre o uso de produtos regionais na alimentação escolar. O objetivo da pesquisa é valorizar o uso da produção local e diagnosticar como os municípios estão cumprindo a lei que determina a utilização de, pelo menos, 30% dos recursos da merenda na compra de produtos da agricultura familiar.

Será analisada a alimentação dos alunos da Capital, de Aquidauana, Nioaque, Jaraguari, Corguinho e de Anastácio. Os pesquisadores vão identificar o que faz parte do cardápio da culinária local e da alimentação oferecida pelas escolas. A partir disso, vão avaliar se está sendo cumprida a meta de 30% estipulada pela Lei da Alimentação Escolar. O estudo de campo vai priorizar as escolas que funcionam em áreas isoladas como assentamentos rurais e áreas indígenas e quilombolas.

Os oito pesquisadores, entre eles três nutricionistas e dois antropólogos, ficam no estado até 12 de dezembro. O trabalho será feito também em Goiás e no Distrito Federal. A pesquisa será realizada em parceria com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e terá duração de um ano.

Leia Também