Sexta, 15 de Dezembro de 2017

sistema

Pesquisadores criam detector de mentiras para redes sociais

23 FEV 2014Por folhapress16h:30

Um grupo internacional de pesquisadores está desenvolvendo um sistema que, segundo ele, será capaz de analisar automaticamente se uma informação divulgada nas redes sociais é verdadeira ou falsa. Tudo em tempo real.

"As mídias sociais fornecem informações úteis o problema é que tudo acontece de maneira tão veloz que não conseguimos separar a verdade da mentira rapidamente", afirma a pesquisadora Kalina Bontcheva, da Universidade de Sheffield, que conduz o projeto.

De acordo com nota divulgada pela universidade inglesa, o detector de mentiras deverá verificar rumores que se espalham pela rede a fim de ajudar "jornalistas, governos, serviços de emergência, agências de saúde e o setor privado a agirem com mais eficiência".

Os pesquisadores pretendem criar um sistema que automaticamente categorize fontes de informação para avaliar a credibilidade delas, como jornalistas, especialistas e potenciais testemunhas oculares.

Ele deverá também analisar o histórico e o contexto de um rumor, para saber, por exemplo, se não foram criadas contas falsas no Twitter para que informações incorretas fossem difundidas.

O projeto, que deve levar três anos para ser concluído e conta com o apoio financeiro da União Europeia, é fruto de uma colaboração entre cinco universidades e três empresas europeias, além de uma companhia do Quênia.  

Leia Também