domingo, 22 de julho de 2018

SAÚDE

Pesquisador brasileiro controla diabetes usando células-tronco

28 NOV 2010Por Com informações do R704h:03

Uma pesquisa realizada pela equipe de transplante de células-tronco da USP de Ribeirão Preto mostrou resultados surpreendentes no controle do diabetes. Dos 25 transplantes realizados no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto (SP), desde 2003, 21 pacientes deixaram de tomar insulina por algum tempo. O sucesso do método faz parte dos estudos da equipe multidisciplinar liderada pelo endocrinologista Carlos Eduardo Barra Couri.

- É com muita satisfação que digo que tivemos o primeiro transplante de células-tronco em seres humanos com diabetes tipo 1 no mundo. Antes disso, nunca pensei que alguém com a doença poderia viver sem insulina.

Reset imunológico

O método usado na pesquisa é conhecido como “reset imunológico”, ou seja, o sistema imune do paciente é “desligado” durante cinco sessões de quimioterapia. Ao desativá-lo, a doença auto-imune (quando o próprio organismo ataca órgãos do corpo) também é “desligada”.

No sexto dia, células-tronco extraídas previamente do sangue do paciente (células-tronco hematopoéticas) são transplantadas na corrente sanguínea dele mesmo, tornando o sistema imunológico saudável. Diante dos bons resultados em pacientes com lúpus e artrite reumatoide, a equipe de Couri decidiu testar o método em pessoas com diabetes tipo 1.

Leia Também