Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

ELEIÇÕES

Pesquisa mostra queda na rejeição a Serra e aumento na de Dilma

14 OUT 2010Por FOLHA ONLINE13h:13

Pesquisa CNT/Sensus divulgada nesta quinta-feira mostra queda na rejeição ao candidato José Serra (PSDB) na disputa à Presidência da República. O levantamento aponta que 37,5% dos eleitores não votariam em Serra, enquanto 35,4% não votariam na candidata Dilma Rousseff (PT). No final de setembro, na última edição da CNT/Sensus, Serra tinha a rejeição de 40,2%, enquanto Dilma tinha rejeição de 32,6% --o que também configura aumento na rejeição à petista.

O presidente da CNT (Confederação Nacional dos Transportes), Clésio Andrade, considera que o aumento da rejeição a Dilma está ligado ao "processo de difamação" realizado contra a candidata na reta final do primeiro turno relacionado à questão do aborto. "É consequência de um processo de difamação que ela está sofrendo. Se a rejeição dela está maior, o outro melhora um pouco", disse.

Em contrapartida, a pesquisa mostra que 59,6% dos eleitores acreditam na vitória de Dilma no dia 31 de outubro, enquanto 29% apostam que Serra sairá vitorioso. Os indecisos sobre quem ganhará a eleição presidencial somam 11,4%.

Dilma também leva vantagem em relação aos programas eleitorais. A pesquisa mostra que 28,4% dos eleitores consideram os programas da petista no rádio e TV melhores que os de Serra, lembrado como melhor programa por 25,7% dos eleitores.

A CNT/Sensus mostra que 48,4% dos eleitores assistiram aos programas na TV. No rádio, somente 5,3% dos eleitores responderam que têm acompanhado, enquanto 8,5% têm assistido no rádio e TV. Segundo a pesquisa, 13,5% dos eleitores não tomaram conhecimento dos programas eleitorais.

A pesquisa aponta que 72,9% dos eleitores já definiram seu voto para presidente da República, enquanto 22,9% ainda permanecem indecisos. O levantamento mostra ainda que 92,7% dos eleitores vão votar no dia 31 de outubro, enquanto 2,7% não vão às urnas. Outros 3,9% estão indecisos sobre o comparecimento no dia da votação.

DEBATE

Segundo a CNT/Sensus, 40,3% dos eleitores não acompanharam o debate entre os presidenciáveis realizado pela TV Bandeirantes no último domingo. Outros 30,9% assistiram todo o debate, ou pelo parte dele, enquanto 27,2% apenas ouviram falar sobre o assunto.

A avaliação do desempenho dos candidatos no debate, segundo a CNT/Sensus, aponta grande indecisão dos eleitores. A maioria (69,1%) não soube avaliar qual dos candidatos se saiu melhor. De acordo com o levantamento, 14,9% dos eleitores consideram que Dilma teve melhor desempenho e 12,4% preferiram o desempenho de Serra.

A pesquisa foi realizada entre os dias 11 e 13 de outubro, em 136 municípios, com a realização de duas mil entrevistas. A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número 35.560/2010.

Leia Também