Domingo, 18 de Fevereiro de 2018

Sexo x compras

Pesquisa diz: shopping vale o mesmo que sexo

4 NOV 2010Por Terra15h:05

Os homens costumam dizer que não existe tempo ruim para sexo, mas a verdade é que nem sempre os maridos e namorados prestam a assistência necessária às mulheres na hora H, seja pelo cansaço após um longo dia de trabalho, seja por conta do futebol na TV.

No entanto, a mulher não precisa procurar prazer na casa do vizinho e jogar todo um relacionamento no lixo por conta de uma noite de sexo. Cientistas da Universidade de Westminster, em Londres, concluíram uma recente pesquisa que afirma que as mulheres chegam a sentir o mesmo nível de excitação indo às compras ou ganhando presentes quando comparada ao ato sexual.

O estudo se deu a partir de medições de atividades das áreas do cérebro responsáveis pela emoção. Diversos voluntários foram avaliados em diversas situações diferentes, entre elas fazendo compras em lojas em liquidação e assistindo filmes eróticos.

As emoções por excitação foram mensuradas em uma escala de 1 a 10. A escala de 5 a 7, por exemplo, é a denominada comum em casos de estímulo sexual, seja contato físico ou por meio de vídeos eróticos.

Para espanto geral, muitas mulheres que se esbaldavam em compras ou que ganhavam presentes apresentavam uma pontuação de 5.8 nesta escala, o que foi denominado dentro da área comum para estímulos sexuais.

“Há, de fato, uma correlação entre picos emocionais e liquidações”, sentencia Colin Harper, pesquisador do Instituto de Marketing Profissional, patrocinador da pesquisa londrina.

Diante deste quadro, podemos afirmar que a falta de sexo em uma relação não é o fim do mundo. Se o maridão não está afim de diversão, as mulheres podem ir às compras no shopping mais próximo para passar o tempo. Já os homens podem providenciar um bom presente para a mulher amada para amansar a fera em dia de futebol na TV.

Portanto, mulheres, aproveitem as compras e presentes de hoje enquanto esperam aquela bela noite de sexo amanhã.

Leia Também