Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Pesquisa aponta que 76% dos caminhoneiros buscam sexo nas estradas

4 JAN 09 - 09h:20
     

        Da Redação

         

        Uma pesquisa realizada pela Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade de Brasília (UnB) aponta que 76% dos caminhoneiros brasileiros buscam sexo nas estradas. De acordo com o responsável pelo estudo, professor Elias Marcelino da Rocha, poucos são os que procuram os centros de sáude, apesar da alta exposição a doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). 
        
        "Percebemos que esses profissionais não estão cuidando devidamente da saúde", avaliou Rocha, em entrevista ao programa Amazônia Brasileira, da Rádio Nacional da Amazônia.
        
        Ele destacou que a própria profissão de caminhoneiro dificulta os cuidados, uma vez que o profissional passa a maior parte do tempo viajando em veículos de grande porte, que circulam pouco nos perímetros urbanos, onde está a maioria dos postos de saúde e hospitais.
        
        A pesquisa entrevistou 240 caminhoneiros de todo o Brasil, com foco nos Estados de Rondônia, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná e São Paulo. Rocha afirmou que, além da solidão e da distância das suas mulheres, o machismo também tem papel forte na procura por sexo nas estradas por caminhoneiros brasileiros.

         

        Com informações da Agência Brasil
        
        

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Tite admite 'pressão inevitável' no cargo e necessidade de vitória na seleção
NOVA DERROTA

Tite admite 'pressão inevitável' no cargo e necessidade de vitória na seleção

NOVEMBRO AZUL

Um em cada seis homens tem câncer de próstata no Brasil, alerta Inca

Embaixada russa 'troca' Bolsonaro por Temer em post sobre Brics
GAFE

Embaixada russa 'troca' Bolsonaro por Temer em post sobre Brics

STF

Toffoli nega recurso de Aras e amplia pedido de acesso a dados do antigo Coaf

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião