quarta, 18 de julho de 2018

narcotráfico

Peru ratifica acordo com Brasil e Colômbia contra drogas

23 JAN 2011Por ESTADÃO04h:00

O Peru ratificou um acordo assinado em 2008 com a Colômbia e o Brasil para combater o narcotráfico na fronteira comum entre os três países, informou hoje o diário oficial El Peruano. O tratado, firmado pelo presidente Alan García e pelo chanceler José García Belaunde, estabelece que os países trabalhem juntos, de forma coordenada, para combater o narcotráfico e os problemas correlacionados a ele.

Com o acordo, Peru, Colômbia e Brasil também combaterão "o contrabando de produtos químicos, a delinquência transnacional, o tráfico de armas, munições e explosivos e outras atividades criminosas". Em 2008, os então presidentes da Colômbia, Álvaro Uribe, do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, e García assinaram o acordo na cidade colombiana de Leticia.

O Peru compartilha uma fronteira de cerca de 1.600 quilômetros com a Colômbia e outros 1.600 quilômetros com o Brasil. Segundo a Marinha de Guerra do Peru, nesta zona de fronteira existe narcotráfico, contrabando de combustível, terrorismo associado às drogas, tráfico de madeira e de minérios. As informações são da Associated Press.

Leia Também