Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

Copa do Brasil

Perto das quartas, São Paulo joga no Morumbi

27 ABR 2011Por Uol08h:17

O São Paulo voltará a ter o Morumbi como casa após cinco jogos atuando como mandante em outros locais. As presenças de Shakira e U2 no estádio renderam mais de R$ 6 milhões ao cofre tricolor, mas poderão trazer prejuízo “futebolístico” para o duelo contra o Goiás, nesta quarta-feira, às 21h50, pela Copa do Brasil. O gramado do estádio ficou bastante castigado devido à utilização para shows internacionais.

A área próxima do escanteio foi a mais prejudicada. No período em que ficou longe do Morumbi, exatos 45 dias, desde quando venceu o Santo André por 3 a 0, o time tricolor recorreu ao tapete da Arena Barueri. Foram quatro vitórias em Barueri, além de um empate atuando como mandante em Mogi Mirim.

A possibilidade de voltar a usar seu estádio faz com que o assunto gramado seja deixado em segundo plano, destaca Miranda.

“O Morumbi é nossa casa. Impõe respeito. Sabemos da força da torcida no estádio, do apoio que ela nos dá. Ninguém quer fugir da sua casa. Lá temos mais segurança e condição de desempenhar um bom futebol. Independente do estado do gramado, vamos procurar fazer um bom trabalho”, comentou o zagueiro.

“O jogador se sente melhor no Morumbi. A torcida se sente melhor”, acrescentou o lateral Juan.

Para avançar às quartas da Copa do Brasil, o São Paulo pode até empatar com a equipe esmeraldina. No primeiro duelo, no Serra Dourada, o São Paulo venceu por 1 a 0. O ganhador encara o Avaí na próxima fase.

O retorno do São Paulo ao Morumbi coincidiria com a reestreia de Luis Fabiano, mas o atacante adiou seu retorno aos campos. Ele se recupera de dores no joelho. A equipe paulista, aliás, não terá o meia-atacante Lucas, lesionado na coxa, e Rodrigo Souto, lesionado na panturrilha. O jogo marca o retorno de Fernandão, que será opção na reserva.

Necessitando de um triunfo no Morumbi para seguir na Copa do Brasil, o Goiás não poderá utilizar o lateral Diogo, emprestado pelo São Paulo. No acordo firmado entre os clubes, ficou acertado que o jogador não pode encarar o time paulista. Para a vaga, o técnico Arthur Neto estuda utilizar o volante Carlos Alberto ou optar pela entrada do meia Robert.

Felipe Amorim, expulso no jogo de ida, e Marcão, com lombalgia, completam a lista de desfalques do clube goiano.

Leia Também