Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Perdas em supermercados alcançam 2,15%

Perdas em supermercados alcançam 2,15%
23/08/2008 20:00 -


     

Pesquisa da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), aponta que as perdas nos supermercados brasileiros alcançaram 2,15% do faturamento em 2007 (que foi R$ 136,3 bilhões). O resultado mostra um pequeno aumento, de 0,18 pontos percentuais, em relação ao índice apurado em 2006, que foi de 1,97%. Em 2005, o índice médio de perdas foi de 2,05% e, em 2004, de 1,78%. A principal causa de perdas para os supermercados continuam sendo as quebras operacionais. Os furtos (tanto externos quanto internos) também apresentaram um pequeno aumento em relação ao ano anterior. Em 2007, representaram 37,3% das perdas, em comparação ao índice de 36,7% no ano anterior. Separadamente, do total de perdas em 2007, os furtos internos representaram 21,4% e os externos, 15,9%.

Felpuda


Alguns políticos estão se aproveitando deste momento preocupante de pandemia para sugerir projetos oportunistas que, em alguns casos, são de resultados extremamente duvidosos. O mais interessante – para não dizer outra coisa – é que se for analisado o desempenho normal dessas figuras, verifica-se que essa preocupação toda nunca esteve no topo das suas prioridades. Ano eleitoral é assim mesmo. Lamentável!