Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Pequenos agricultores elevam renda vendendo para escolas públicas de MS

25 AGO 10 - 05h:15
     

                Em Mato Grosso do Sul, a determinação da lei 11.947 sobre alimentação escolar vem sendo cumprida e gerando renda a pequenos produtores. A legislação determina que pelo menos 30% dos alimentos oferecidos como merenda nas escolas públicas seja originário da agricultura familiar. Com o objetivo de atender à legislação, o Projeto de Apoio à Produção Sustentável no Território da Reforma, executado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MS), articulou a comercialização com escolas e prefeituras e o resultado aparece em nove cidades atendidas pelo projeto.

Anastácio, Bela Vista, Bodoquena, Dois Irmãos do Buriti, Guia Lopes da Laguna, Maracajú, Nioaque, Sidrolândia e Terenos são os municípios do projeto onde as prefeituras estão comprando dos pequenos produtores. Em Nioaque, em torno de 12 produtores já alcançaram um resultado de quase R$ 10 mil comercializados neste ano. Como as compras são feitas através de chamada pública, há expectativa de que até o fim de 2010 a comercialização atinja números de R$ 32 a 54 mil no município.

"As vendas para a alimentação escolar são um canal seguro de escoamento para os agricultores da região. Hoje, eles tem incentivo para produzir e planejam aumentar o cultivo, assim o que antes era plantado apenas para subexistência se torna geração de renda", explica o engenheiro agrônomo da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural e Econômico, Vando Quevedo. Segundo ele, Nioaque tem atualmente 14 escolas que compram produtos como repolho , cheiro-verde, couve, beterraba, cenoura, milho verde, tomate, abobrinha, mandioca,farinha, melancia, abacaxi, tempero pronto, arroz, feijão, leite e ovos.

Bela Vista também tem alcançado bons resultados. Com 50 produtores cadastrados para a venda de alimentos às escolas públicas, cada participante conseguiu aumentar sua renda em dois salários mínimos, segundo a engenheira agrônoma da Secretaria de Desenvolvimento do município, Mirian Maria Felisberto da Silva. "São 15 escolas adquirindo a produção da agricultura familiar da região, 12 municipais e três estaduais. Esse é com certeza um incentivo para quem produz", enfatiza.

Logo que entrou em vigor a lei 11.947, os agentes de desenvolvimento do Território da Reforma visitaram escolas públicas e fizeram contatos com as prefeituras para auxiliar no encontro entre produtores rurais e compradores. "Um dos objetivos do projeto é a comercialização. Ocupar 30% das compras para alimentação escolar das escolas públicas é um grande espaço, um incentivo para que o agricultor produza mais, aumente sua renda e tenha um lugar garantido para escoar o que cultiva", ressalta o superintendente Senar-MS, Clodoaldo Martins.

Sobre o Território da Reforma

O Projeto de Apoio à Produção Sustentável no Território da Reforma tem o objetivo de desenvolver os pequenos negócios rurais, fortalecendo a organização, diversificação e sustentabilidade do agronegócio. Tem como metas aumentar a venda de produtos da agricultura familiar no mercado local, gerar novos postos de trabalho, aumentar a renda dos produtores rurais e diversificar as matrizes econômicas.

O Território da Reforma é uma iniciativa da Fundação Educacional para o Desenvolvimento Rural (Funar) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). Desenvolve ações nos municípios de Anastácio, Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Dois Irmãos do Buriti, Guia Lopes da Laguna, Jardim, Maracajú, Nioaque, Sidrolândia e Terenos.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

SAÚDE

Universidade cria técnica que identifica uso de agrotóxicos em frutas

Técnica poderá ser usada para checar produtos enviados ao exterior
CULTURA

Bacurau, filme brasileiro, ganha prêmio no Festival de Cannes

Com ajuda do VAR, Palmeiras derrota Botafogo e segue na liderança
BRASILEIRÃO

Palmeiras derrota Botafogo e segue na liderança

Messi marca, mas Barcelona perde final para o Valencia por 2 a 1
COPA DO REI

Messi marca, mas Barcelona perde final para o Valencia por 2 a 1

Mais Lidas