Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

SEM DERROTA

Pênalti garante empate ao Vasco contra o Avaí

18 MAI 2011Por TERRA22h:59

Aos 48min do segundo tempo, o árbitro Wilson Luiz Seneme viu o zagueiro Gustavo Bastos se enroscar com o atacante Elton dentro da área. A polêmica jogada originou o pênalti que evitou uma derrota do Vasco na partida de ida da semifinal da Copa do Brasil. Em São Januário, no Rio de Janeiro, Diego Souza marcou e definiu o empate por 1 a 1.

Antes disso, o Avaí foi pressionado durante a maior parte do jogo, mas conseguiu arrancar gol aos 35min da etapa final, com boa jogada de Julinho. A série de jogadas polêmicas acirrou os ânimos para o jogo de volta, que será disputado na quarta-feira, na Ressacada, em Florianópolis. O Avaí se classifica até com empate sem gols. Se os times repetirem o 1 a 1, a decisão vai para os pênaltis.

O Vasco volta a campo no final de semana para enfrentar outro semifinalista da Copa do Brasil: terá pela frente o Ceará, às 18h30 (de Brasília) do Vasco, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo será disputado no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE). No mesmo dia e horário, o Avaí estreia contra o Flamengo, no Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo, em Macaé.

O jogo

O Vasco tentou sufocar o Avaí nos primeiros minutos de jogo, impulsionado por sua torcida, que lotou São Januário. Logo aos 3min, Alecsandro recebeu na entrada da área após rápidos toques na intermediária do Avaí e fez o papel de pivô para a chegada de Diego Souza. O meia bateu com força e só não abriu o placar porque Marcinho Guerreiro se esticou e tirou de cabeça quando a bola já havia passado por Renan.

Aos 10min, Felipe arriscou da entrada da área e obrigou Renan a fazer grande defesa. A resposta do Avaí veio aos 14min: Julinho chutou com força da intermediária e mandou a bola raspando o travessão. A partir daí, o jogo ficou mais equilibrado, mas mesmo assim com grande movimentação. Os times fizeram uma boa partida, criando mais duas chances claras de estufar as redes no primeiro tempo.

Aos 16min, Diego Souza desviou de cabeça em cobrança de escanteio e quase marcou para o Vasco. Já aos 38min, Bruno escorou de cabeça após cruzamento e Gustavo Bastos desviou com o pé, mandando a bola perigosamente por cima de Fernando Prass, goleiro vascaíno. Na segunda etapa, o anfitrião voltou com a mesma estratégia e se atirou para cima do Avaí, finalizando de todas as formas possíveis.

Diego Souza quase marcou aos 8min e Alecsandro, aos 16min, obrigou Renan a fazer defesa providencial. Aos 20min, Diego Souza fez grande jogada, driblou quatro rivais dentro da área e cruzou para Elton, que errou a finalização de esquerda. Já aos 22min, Fernando Prass salvou a equipe com uma defesa espetacular em cabeçada a queima roupa de William. Conforme o tempo foi avançando, o Vasco se jogou mais ao ataque.

Aos 35min, no entanto, o inesperado aconteceu. O Avaí, que explorou o contra-ataque com perigo, chegou ao gol com Julinho. O jogador recebeu na ponta esquerda da área, cortou a marcação e bateu cruzado rasteiro, fora do alcance de Fernando Prass. Aos 38min, Ramon dividiu com Renan e deixou a torcida cruzmaltina irritada, pedindo pênalti. O árbitro, porém, mandou seguir.

Minutos depois, no entanto, Elton se enroscou com Gustavo Bastos e conseguiu penalidade polêmica. Diego Souza cobrou e aliviou a massa vascaína que lotou São Januário.

Leia Também