Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sexta, 15 de fevereiro de 2019 - 23h06min

AUMENTO

Pedágio na ponte sobre o Rio Paraguai será reajustado

3 ABR 11 - 09h:30DA REDAÇÃO

A partir do dia 11 deste mês, haverá alteração os valores  cobrados como pedágio para travessia da ponte de concreto sobre o rio Paraguai, no trecho da BR 262 entre  os municípios de Miranda e Corumbá, tendo em vista que os valores que  estão em vigor foram fixados em 2001, não sofreram reajuste desde então.

De acordo com o secretário de Obras Wilson Cabral Tavares, “o reajuste se faz necessário, uma vez que, ao longo desses anos, ocorreram altas significativas nos custos operacionais para a manutenção da ponte gerando dispêndio de difícil suporte”.

O pedágio, em questão, é cobrado dos condutores ou proprietários de quaisquer espécies de veículos automotores, que utilizam a ponte de concreto como meio de ultrapassagem do Rio Paraguai,ficando isentos da cobrança os condutores de veículos automotores de propriedade da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, inclusive de suas autarquias e fundações, bem como dos veículos pertencentes aos governos de outros países e destinados às suas representações diplomáticas, de acordo com o artigo terceiro da Lei estadual nº 1.480, de 4 de fevereiro de 1994.

Conforme fixa a resolução SEOP/ nº 001 de 31 de março findo, a partir de 11 de abril, o valor do pedágio para motocicletas passará a R$ 3,30. Veículos leves tais como  automóveis, caminhonetes, furgões, reboques de dois eixos e similares pagarão R$ 5,50 enquanto caminhões e ônibus com rodado duplo de até 3 eixos terão pedágio de R$ 11,00 e veículos pesados (caminhões e ônibus com mais de 3 eixos) pagarão R$ 22,00.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

TRAGÉDIA

Funcionários da Vale são presos por rompimento de barragem de Brumadinho

BRASIL

União pagou R$ 565 milhões em dívidas atrasadas de estados em janeiro

TRAGÉDIA

Procuradoria defende júri popular para acusados por tragédia em Boate Kiss

TRAGÉDIA

Justiça determina que Vale retire animais das áreas de risco em Barão de Cocais

Mais Lidas