Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 16 de novembro de 2018

Pecuarista acusado de tentar matar mulher é condenado a 6 anos de prisão

6 SET 2012Por DA REDAÇÃO14h:45

O pecuarista Oswaldo José de Almeida Júnior foi condenado a 6 anos de prisão por tentar matar a ex-mulher, J.S. de M., no dia 7 de julho de 2009, em Costa Rica. 

Segundo a denúncia, o crime teria sido encomendado pelo pecuarista e contou com a participação de mais três acusados, José Roberto Cardoso e Jair Greijano de Oliveira, que seriam os intermediários do crime. Os réus foram julgados no dia 19 de julho. Jair foi condenado a oito anos e oito meses de reclusão e José Roberto foi absolvido pelos jurados.

O primeiro acusado do crime, J. dos S. (o executor), foi submetido a julgamento em Costa Rica e condenado a oito anos e oito meses de reclusão. O processo dos outros três envolvidos também tramitava em Costa Rica, no entanto, Oswaldo pediu a transferência do caso para Capital sob o argumento de que diante da repercussão do fato na pequena cidade, não haveria possibilidade dos jurados serem imparciais e também que não seria possível realizar de forma segura o julgamento.

Por quatro votos revelados, os jurados entenderam que ficou demonstrada a premeditação do crime por parte do réu, em razão dos atos executórios, principalmente na intermediação com os outros dois acusados que participaram do crime.

Assim, o Conselho de Sentença condenou o pecuarista à pena de 6 anos de reclusão em regime fechado, pois é réu reincidente.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também