Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Peão que arrastou militar será indiciado por homicídio doloso

19 JUN 08 - 14h:15
     

A Polícia Civil de Campo Grande irá manter o indiciamento do peão Fagner Gonçalves por homicídio doloso, que é cometido com intenção, pela morte do cabo do Exército Leonardo Sales da Silva, de 19 anos. Segundo a Polícia Civil, o indiciamento será matindo porque houve o entendimento de que Fagner assumiu o risco de provocar o acidente, porque ele não tinha habilitação para conduzir o caminhão F-4000 e estava com o veículo sem o consentimento do proprietário. Além disso, O peão alega que não viu que havia atropelado o militar, mas depois que foi avisado, retirou o corpo do rapaz das ferragens do carro e fugiu.

 

A Polícia Civil aguarda a finalização do laudo pericial para ser anexado ao inquérito que será remetido ainda hoje (19) para o Judiciário. Até a conclusão dos trabalhos, Fagner Gonçalves permanece preso.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

SUS

STF abre exceções para fornecimento pelo SUS de remédio sem registro

TECNOLOGIA

Governo pretende digitalizar mil serviços até o ano que vem

Senado aprova bagagem gratuita e abertura do setor aéreo a capital estrangeiro
MEDIDA PROVISÓRIA

Senado aprova bagagem gratuita e libera capital estrangeiro

BRASIL

Secretário da Receita diz que apoia reforma tributária aprovada na CCJ

Mais Lidas