Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

PDT acusa Murilo de promover campanha antes da hora

13 MAI 08 - 21h:10
     

O PDT ingressou ontem ação na Justiça Eleitoral e no Ministério Público Estadual (MPE) acusando o vice-governador e pré-candidato à Prefeitura de Dourados, Murilo Zauith (DEM), de promover campanha eleitoral antes do prazo autorizado pelos órgãos competentes. A legenda afirma ter provas de que o vice-governador realizou jantar, com comida e transporte gratuitos, para divulgar sua candidatura. O evento teria reunido cerca de seis mil pessoas entre 7 a 10 de maio. Caso a Justiça acate a denúncia, Murilo corre o risco de ficar fora da disputa pelo segundo maior colégio eleitoral do Estado.

 

A medida partiu do Diretório de Dourados. Segundo o presidente municipal do partido, Sérgio Vieira, a legenda reuniu provas e encaminhou o material anexado à denúncia para à Justiça. "Temos filmagens das movimentações e fotos dos eleitores sendo transportados para o evento", contou. Ele informou ainda que o encontro foi divulgado por todos os meios de comunicação da cidade. "Os jornais publicaram notas, anunciando as reuniões para divulgar a candidatura de Murilo", acrescentou.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

MEIO AMBIENTE

Defesa Civil monitora movimento de talude em mina de Barão de Cocais

Previsão era de que rompimento ocorreria até ontem
Confira essa receita incrível de costela na cerveja com polenta
RECEITAS

Confira essa receita incrível de costela na cerveja com polenta

Santos e Internacional empatam sem gols na Vila Belmiro
FUTEBOL

Santos e Internacional empatam sem gols na Vila Belmiro

Papa Francisco recebe cacique Raoni em audiência privada
RELIGIÃO

Papa Francisco recebe cacique Raoni em audiência privada

Mais Lidas