segunda, 16 de julho de 2018

PRESIDÊNCIA

PCdoB e PTB declaram apoio a Marco Maia

24 JAN 2011Por AGÊNCIA CÂMARA DE NOTÍCIAS00h:00

O PCdoB e o PTB decidiram apoiar a candidatura do deputado Marco Maia (PT-RS) à Presidência da Câmara. Com essa decisão, onze partidos unem-se pela permanência do atual presidente da Casa no cargo para os próximos dois anos. O PT, PR, PSDB, PP, DEM, PMDB, PSC, PSB e PDT já haviam divulgado sua posição. Por enquanto, Marco Maia é candidato único à Presidência. O PV e o PRB vão divulgar sua orientação na próxima semana.

Marco Maia disse que o apoio conquistado é consequência do compromisso que assumiu com os líderes de respeitar o critério da proporcionalidade - tamanho das bancadas eleitas em 2010 - na hora de preencher os cargos da Mesa Diretora e das presidências das comissões. “Essa é uma proposta que agrada a todos e pode gerar uma chapa de consenso, inclusive sem disputa para os outros cargos da Mesa”, avalia.

Propostas
O petista se compromete a adotar o diálogo como principal ferramenta na condução dos trabalhos da Câmara e a defender a autonomia parlamentar na elaboração das leis, a valorização do papel da Câmara junto à sociedade, a ampliação da representatividade feminina nos espaços da Casa e a autonomia e independência do Legislativo.

Marco Maia foi escolhido oficialmente como candidato do PT no dia 14 de dezembro. Ele disputou a indicação com o atual líder do governo, Cândido Vaccarezza (SP), e os ex-presidentes da Câmara Arlindo Chinaglia (SP) e João Paulo Cunha (SP). Todos, no entanto, abriram mão de concorrer ao cargo. Outros deputados que chegaram a anunciar informalmente sua candidatura também a retiraram: é o caso, por exemplo, dos deputados Aldo Rebelo (PC doB-SP) e Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).

Leia Também