Domingo, 24 de Junho de 2018

PC do B comanda 200 secretarias de Esporte no País

18 JAN 2009Por 12h:00
     

 

Discretamente, Orlando Silva, o único ministro comunista do governo Lula e o mais jovem da Esplanada, 37 anos, tem promovido uma "verticalização" do Ministério do Esporte em todo o País, num momento em que a pasta ganha importância em razão da Copa do Mundo de 2014 e da candidatura do Rio de Janeiro para sediar as Olimpíadas de 2016.

 

O ministro iniciou a construção de uma rede de influência política, alcançando 200 Secretarias Estaduais e Municipais de Esporte pelo Brasil, segundo estimativa do próprio partido. O orçamento do ministério cresceu quase 300% em sete anos. A previsão é de que em 2009 alcance R$ 1,4 bilhão.

 

Silva formou ainda na cúpula do ministério um cordão de aliados, composto por integrantes do PC do B e ex-líderes do movimento estudantil, do qual fez parte. Em Campinas, seu cunhado, Gustavo Petta, que é ex-presidente da UNE, acaba de ser nomeado pelo prefeito, Dr. Hélio (PDT), secretário de Esportes. Vai gerir os três projetos financiados pelo ministério na cidade.

 

Com informações são do jornal O Estado de S. Paulo

Leia Também