Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Pauta fiscal do boi tem reajuste de 5% em MS

10 ABR 10 - 21h:09

ADRIANA MOLINA

 

A Secretaria de Fazenda de Mato Grosso do Sul (Sefaz) alterou ontem, através de portaria publicada no Diário Oficial (DOE), a pauta fiscal dos bovinos do Estado. A partir de amanhã, o valor de referência para a cobrança do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do produto nas operações internas será 5% maior no caso dos machos, passando de R$ 70,20 para R$ 73,70; e 3% nas fêmeas, saltando de R$ 65,60 para R$ 67,60.

Os valores ainda estão abaixo dos praticados no mercado estadual, que ficam entre R$ 75 e R$ 82,50 na arroba do macho e de R$ 70 a R$ 72,50 na arroba da vaca gorda. Para as operações interestaduais, a Sefaz determinou R$ 83,80 para os machos e R$ 76,80 na arroba da fêmea − parâmetros também 5% e 3%, respectivamente, superiores aos praticados até então.

Sofreram alterações, ainda, os preços de referência do gado suíno, que ficaram cerca de 12% maiores. De acordo com a portaria, o quilo do suíno para o abate passou de R$ 1,88 para R$ 2,11 nas operações internas e R$ 2,14 e R$ 2,40 nas interestaduais.

O preço do frango de granja para abate também foi modificado, agora vale R$ 1,35 o quilo. O frango de granja abatido fica em R$ 2,05.

 

Produtos agrícolas

Também foram publicadas as novas pautas fiscais da soja, trigo, sorgo e algodão. O quilo da soja em grão a granel fica valendo R$ 0,50, e R$ 30,00 a saca de 60 quilos para as operações internas. Nas operações interestaduais, os valores são de R$ 0,64 para o quilo e R$ 38,40 para a saca.

O farelo de soja passa a valer R$ 0,53 o quilo e R$ 530 a tonelada; o resíduo do grão, R$ 0,07 o quilo e a tonelada, R$ 75,00. O óleo bruto do mesmo produto teve a pauta alterada para R$ 1,86 o quilo.

Já o trigo em grão a granel está custando R$ 0,38 o quilo e a saca, R$ 22,80, ambos para operações internas. Para operações interestaduais, os valores são R$ 0,43 e R$ 25,80, respectivamente. O triguilho passou para R$ 0,16, o quilo e a saca saem por R$ 9,60. E o farelo de trigo passa a valer R$ 0,15 o quilo na cobrança do ICMS.

O algodão em caroço foi para R$ 970 a tonelada. E o sorgo em grão para fins do imposto vale agora R$ 0,18 o quilo a granel e R$ 10,80 a saca com 60 quilos.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Em MS, três deputados e um senador defendem mais verba pública nas eleições
FUNDO PARTIDÁRIO

Em MS, três deputados e um senador defendem mais verba pública nas eleições

Com mais prazo, obra do Aquário fica longe do fim
PARADA

Com mais prazo, obra
do Aquário fica longe do fim

Excesso de emendas desfigura reforma da previdência
SERVIÇO PÚBLICO

Excesso de emendas desfigura reforma da previdência

Prefeitura garante pagamento do 13º salário no dia 20
SERVIDORES MUNICIPAIS

Prefeitura garante pagamento do 13º salário no dia 20

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião