Sexta, 23 de Fevereiro de 2018

polêmica

Pauta atrai e amplia debate na sociedade

24 NOV 2010Por anahi zurutuza01h:20

A polêmica sobre distribuir ou não camisinhas a adolescentes atraiu integrantes da sociedade civil organizada à Câmara. Caso do padre Paulo Roberto, da Arquidiocese de Campo Grande, que se diz favorável a aprovação do projeto. “A Igreja há muito tempo transmite a sua posição em relação à sexualidade. Acreditamos que a maneira mais eficaz de prevenir as DSTs e a aids é a abstinência sexual até o momento certo, o matrimônio”.

Do outro lado, a psicóloga e presidente da ONG Bem Mulher, Cris Duarte, é contra a proibição. Ela, inclusive, faz parte do grupo gestor estadual que desenvolveu o projeto das máquinas de camisinhas e orientação sexual de adolescentes. “Os vereadores esquecem-se de que não é só distribuir camisinha. O projeto prevê a distribuição de uma cartilha de orientação sexual, além de capacitação de professores para tratar do assunto sexo com os alunos”. (AZ)

Leia Também