Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Paulo Lacerda teve acesso aos grampos telefônicos

26 NOV 08 - 20h:27
     

Brasília

 

Ao prestar depoimento ontem na CPI dos Grampos, na Câmara, o agente da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) Márcio Seltz disse que o diretor-geral afastado do órgão, Paulo Lacerda, teve acesso ao conteúdo de parte dos grampos telefônicos realizados na Operação Satiagraha. Segundo versão do analista da Abin, ele entregou a Lacerda, inclusive, cópia de áudios captados por escutas telefônicas de alguns dos investigados pela Polícia Federal (PF).

 

A reunião, relatou Seltz aos deputados, teria ocorrido em junho, e também contou com a presença do então diretor-adjunto, José Milton Campana. "(Os áudios) falavam a respeito da imprensa. Entreguei cópia do arquivo a ele (Lacerda)", afirmou o agente. Por meio da assessoria de imprensa da Abin, Lacerda negou ter recebido cópia de áudios e transcrições. O diretor-geral afastado confirmou a reunião com Seltz e disse que o encontro era para "orientação". Segundo a Abin, Setlz levou um relatório "de fontes abertas" debaixo do braço, mas que não chegou a ser visto por Lacerda.

 

Em depoimento à CPI, em agosto, Lacerda negou ter conhecimento de que a PF realizou grampos durante a Satiagraha.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

MEIO AMBIENTE

Defesa Civil monitora movimento de talude em mina de Barão de Cocais

Previsão era de que rompimento ocorreria até ontem
Confira essa receita incrível de costela na cerveja com polenta
RECEITAS

Confira essa receita incrível de costela na cerveja com polenta

Santos e Internacional empatam sem gols na Vila Belmiro
FUTEBOL

Santos e Internacional empatam sem gols na Vila Belmiro

Papa Francisco recebe cacique Raoni em audiência privada
RELIGIÃO

Papa Francisco recebe cacique Raoni em audiência privada

Mais Lidas