Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

RIO DE JANEIRO

Paulo Barros deixa Unidos da Tijuca e vai para a Mocidade

Paulo Barros deixa Unidos da Tijuca e vai para a Mocidade
17/03/2014 23:00 - FOLHAPRESS


Após acumular três vitórias na Unidos da Tijuca, o carnavalesco Paulo Barros --considerado um dos mais criativos da atualidade-- deixou a escola hoje para seguir um "novo desafio" na Mocidade Independente de Padre Miguel. A informação foi confirmada pela presidência da Mocidade.

Segundo o presidente da Unidos da Tijuca, Fernando Horta, Barros comunicou sua saída em reunião mais cedo. Horta disse que ainda não sabe quem substituirá o carnavalesco. "De certo modo foi uma surpresa [a saída de Barros]", disse.

Paulo Barros se destacou na Unidos da Tijuca com três vitórias, em 2010, 2012 e neste ano. O carnavalesco tem um dos salários mais altos da categoria e entrou para história da Marquês de Sapucaí com desfiles ousados e criativos como o da alegoria humana do DNA, que virou sua marca registrada --quando chegou à agremiação em 2004.

A Unidos da Tijuca também foi a primeira escola grande na qual trabalhou. Após o anúncio da vitória do último campeonato, Barros já havia declarado à imprensa que era assediado por outras escolas. A entrada do carnavalesco na Mocidade coincide com a volta à escola do bicheiro Rogério Andrade --como sócio benemérito.
 

Felpuda


Sindicalista defende o fim de mordomias e privilégios dos políticos e dos integrantes de outros Poderes, conforme divulgação feita por sua assessoria. Para ele, está na hora de se colocar um basta nessa situação, questionando, inclusive, o número de parlamentares e de assessores. Entretanto, não demonstra a mesma aversão por aqueles dirigentes de sindicatos que se perpetuam no poder e que comandam mais de uma entidade, assim como ele. Afinal, o exemplo deve vir de casa, né?