Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

COPA

Pato faz dois, Milan vence e se classifica às semifinais da Copa da Itália

26 JAN 2011Por Uol17h:29

Nas semifinais, o Milan enfrentará o Palermo, que eliminou o Parma nos pênaltis nesta terça. Outro semifinalista será conhecido nesta quarta, no jogo entre Napoli e Internazionale às 17h45 (horário de Brasília). Na quinta-feira, Juventus e Roma disputam a última vaga na próxima fase da competição.

De cara, o técnico Massimiliano Allegri preparou novidades: ele escalou Urby Emanuelson e Mark van Bommel, recém-contratados pela equipe, como titulares. Zlatan Ibrahimovic e Antonio Cassano ficaram no banco de reservas. Aliás, o jogo foi especial para Cassano, já que ele reencontrou seu ex-clube. A torcida da Samp não o perdou pela forma litigiosa como deixou o clube e o vaiou muito.

Mesmo jogando fora de casa, o Milan pressionou o adversário. Aos 6min, Alexander Merkel tabelou com Emanuelson e chutou para fora com perigo. Os visitantes foram recompensados aos 17min. Merkel cobrou escanteio, Thiago Silva desviou de cabeça e Alexandre Pato bateu firme de primeira para abrir o placar.

Sem reação, a Sampdoria sucumbiu diante da marcação adiantada feita pelo Milan, que ampliou aos 22min com um belo gol. Pato recebeu passe de Emanuelson, passou a bola por entre as pernas de Accardi e chutou de direita para ir às redes pela segunda vez.

A Sampdoria tentou avançar timidamente e assustou aos 28min com Macheda, em chute desviado pelo goleiro Roma com a ponta dos dedos. O camisa 41 do time genovês teve outra boa chance aos 31min, quando achou um espaço na entrada da área e chutou cruzado para fora. Aos 42min, Pato deu bom passe para Robinho, mas Accardi impediu a conclusão do camisa 70 do Milan.

Na segunda etapa, o Milan teve a chance de fazer o terceiro aos 4min com Merkel, mas o goleiro brasileiro Júnior Costa saiu bem e impediu a conclusão do jogador do Milan. A Sampdoria colocou fogo no jogo aos 6min. Maccarone cruzou da direita, Guberti desviou de leve de cabeça e diminuiu.

Os donos da casa se animaram e foram para cima do Milan, que recuou. No entanto, os donos da casa sentiam dificuldades para superar a defesa dos visitantes. Aos 32min, Cassano entrou em campo no lugar de Robinho. A torcida da Sampdoria vaiou o antigo ídolo, que “retribuiu” com um irônico aceno para as arquibancadas.

A Sampdoria pressionou em busca do empate, mas o Milan se manteve sólido na defesa. O time de Gênova insistiu nos cruzamentos para a área e facilitou o trabalho da zaga, que não teve dificuldades para segurar o resultado.

Leia Também