GRANDE ESTILO

Patito marca e Santos empata com Atlético-GO

Patito marca e Santos empata com Atlético-GO
11/08/2012 19:24 - TERRA


O argentino Patito Rodriguez estreou em grande estilo pelo Santos neste sábado. O meia-atacante entrou no segundo tempo, marcou um gol e conduziu a equipe alvinegra ao empate com o Atlético-GO por 2 a 2. No primeiro tempo, os goianos abriram dois gols de vantagem.

Apesar das circunstâncias, o resultado não foi muito positivo. Além de ter jogado como mandante no Estádio Pacaembu, o Santos foi a 17 e ainda continuou próximo da zona do rebaixamento. Já o Atlético-GO, que não conseguiu suportar a pressão, caiu para a lanterna, com 11.

Na próxima rodada, o Santos tentará voltar às vitórias visitando o Figueirense. Já os representantes do Centro-Oeste receberão o líder Atlético-MG.

O jogo
Assim como na quarta-feira, quando abriu o placar contra o Corinthians, o Atlético-GO não se intimidou com o Pacaembu e marcou o primeiro. Aos 4min, Patric foi acionado dentro da área e, sozinho dentro da área, bateu na saída de Aranha.

O Santos respondeu aos 13min. O jovem Leandrinho arriscou chute de lance e quase marcou um golaço. Aos 29min, o mesmo Leandrinho pegou a sobra na entrada de área e arrematou girando. Mais uma vez a bola tirou tinta da trave de Márcio.
Apesar das investidas santistas, foram os goianos quem marcaram antes do intervalo. Aos 36min, após boa troca de passes, Diogo achou Wesley pelo meio. O meia dominou e chutou forte para ampliar.

O técnico Muricy Ramalho promoveu a estreia do argentino Patito Rodriguez na segunda etapa e incendiou o jogo. Após algumas boas arrancadas, o meia-atacante mostrou ter estrela aos 11min. Depois de o goleiro Márcio dar rebote após chute de Felipe Anderson, o atleta balançou as redes.

O tento fez com que os santistas aumentassem a blitz. Aos 18min, Patito antecipou à zaga, chutou e quase fez mais um. Aos 25min, Victor Andrade arrancou e, no bico da área, encheu o pé. O arremate exigiu boa intervenção do goleiro Márcio.

Mas aos 37min, não teve jeito. Miralles, que entrou no lugar do vaiado Bill, foi derrubado dentro da área e sofreu pênalti. O próprio argentino converteu e igualou na capital paulista.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".