Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

mandato relâmpago

Pastor Oliveira assume vaga na Assembleia

2 DEZ 2010Por Lidiane Kober01h:50

O suplente de deputado estadual, pastor Oliveira Assunção (PMDB), assumiu ontem vaga na Assembleia Legislativa, deixada por Celina Jalad, que virou conselheira do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Ele permanecerá no cargo até 30 de janeiro, porém, atuará em plenário somente 20 dias, por conta do fim das atividades previsto para o dia 20 de dezembro.

Nos dois meses como parlamentar, pastor Oliveira espera contar com todos os direitos de um deputado, como gabinete para atender sua base eleitoral e assessores. "É um período curto, mas vou tentar fazer o possível para realizar um bom trabalho", disse.

Até o fim do mandato, pastor Oliveira estudará ainda a possibilidade de trocar o PMDB pelo PRB. "Vai depender do que acontecerá daqui para frente", comentou. A única coisa que ele lamentou é não poder ter assumido antes. "Minha atuação é na área social e queria conseguir dar um impulso neste setor", finalizou.

Leia Também