Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

ACUSAÇÃO

Passaia rebate Artuzi e diz que será primeira testemunha

16 DEZ 2010Por FÁBIO DORTA, DE DOURADOS09h:57

O jornalista Eleandro Passaia respondeu às acusações do ex-prefeito de Dourados Ari Artuzi (sem partido) de que teria feito juntamente com a Polícia Federal uma armação para incriminá-lo nas investigações da Operação Uragano da Polícia Federal. Artuzi chegou a afirmar que Passaia é quem deveria ter sido preso.

Ele reafirmou ao Portal Correio do Estado que procurou espontaneamente a Polícia Federal para fazer as acusações de corrupção que levaram Artuzi e mais 28 pessoas para a cadeia e que, sempre que solicitado pela Justiça irá confirmar em depoimento todas as acusações feitas, inclusive com gravações de áudio e vídeo, na Operação Uragano.

“A prefeitura inteira foi investigada e, contra mim, nenhum crime foi encontrado. Sou acusado por corruptos tentando me desmoralizar, mas isso nao vai mudar a minha posicão nos tribunais quando servir de testemunha principal de acusação contra essa gente”, afirmou o jornalista, que era secretário municipal de Governo na administração de Artuzi.

Eleandro Passaia não revela, por questões de segurança pessoal, onde está vivendo atualmente, mas afirma que, sempre que for acionado pela justiça estará pronto para prestar esclarecimentos. O processo decorrente das investigações da Operação Uragano está correndo em segredo de justiça. Estão sendo processadas 61 pessoas.

Leia Também