Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CIDADES

Passageiros têm direito a hotel e alimentação

Passageiros têm direito a hotel e alimentação
16/07/2010 23:30 -


Desde o dia 15 de junho, estão valendo novas regras para os passageiros que tiverem seus voos cancelados ou com atraso. De acordo com as determinações da Resolução 141 da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), após uma hora de espera, a empresa deve oferecer algum meio de comunicação – como internet ou telefone. Após duas horas, o passageiro passa a ter direito a alimentação. Depois de quatro horas de atraso, passa a ser obrigatória a acomodação em local adequado, como uma sala de espera no aeroporto, por exemplo, ou, se for necessário, em um hotel. As determinações valem mesmo nos casos de atrasos provocados pelo mau tempo.
As empresas ficam proibidas de vender passagens para os voos seguintes até que todos os clientes dos anteriores sejam acomodados. (BG)

Felpuda


Vêm aumentando que só os disparos de segmentos diversos contra cabecinha coroada que, até então, acreditava voar em céu de brigadeiro. O novo coronavírus chegou, ganhou espaço, continua avançando e atualmente tem sido o melhor cabo eleitoral dos adversários. A continuar assim, sem ações mais eficazes, o estrago político poderá ser grande. Observadores mais atentos têm dito que o momento não é de viver o conto da “Bela Adormecida”. Só!