sexta, 20 de julho de 2018

POUSO FORÇADO

Passageiro descreve momentos de tensão em vôo que fez pouso forçado

21 OUT 2010Por VIVIANNE NUNES16h:44


“O piloto nos informou que precisaria descer pois havia trincado o para-brisas, mas quando descemos eu pude ver o tamanho do estrago”. Foi dessa maneira que o empresário João Bianchi, descreveu os momentos de apreensão vividos a bordo do vôo 3804, da TAM Linhas Aéreas que vinha de Guarulhos (SP) com destino a Campo Grande (MS) e teve que fazer pouso forçado, na manhã de hoje, no Aeroporto de Londrina (PR).

De acordo com ele o primeiro aviso alertava sobre uma turbulência e pedia que os passageiros utilizassem o cinto de segurança. Logo em seguida, a informação sobre o problema. “Ele baixou a altitude muito depressa e todos ficaram bem apreensivos para saber o que estava realmente acontecendo. Pelas marcas, acredito que alguma ave tenha trombado”, afirmou. “Não chegaram a cair as máscaras, disseram que não era sério, mas eu acho que o avião não chegaria em Campo Grande”, afirmou o passageiro.

Bianchi mora em Miami, nos Estados Unidos, e veio para passar cinco dias na companhia de amigos em Campo Grande. “Acabou que perdi um dia”, lamentou explicando que ele e os demais passageiros foram hospedados em um hotel de Londrina (PR). A empresa arcou com os gastos e a saída para Campo Grande está prevista para às 20h de hoje com escala em Guarulhos.

A aeronave seguia com 95 passageiros à bordo com previsão inicial de chegar em Campo Grande às 11h15min.

Leia Também