Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MATO GROSSO DO SUL

Páscoa deve movimentar R$ 59 milhões

Páscoa deve movimentar R$ 59 milhões
06/04/2011 09:34 - da redação


A primeira pesquisa do Instituto Fecomércio em parceria com a Fundação Manoel de Barros e a Universidade Anhanguera-Uniderp traz um dado animador: a Páscoa deve movimentar R$ 59 milhões somente com a venda de chocolates em Mato Grosso do Sul. Além disso, 74% dos consumidores pretendem consumir peixe na Sexta-Feira Santa, reforçando a tradição Cristã. “É uma movimentação muito expressiva e, para o empresário, interessante observar quanto o consumidor está disposto a gastar e assim acertar na formação do estoque”, observa o presidente da Fecomércio MS e do IF, Edison Ferreira de Araújo.

A pesquisa foi feita em nove cidades de Mato Grosso do Sul: Aquidauana, Campo Grande, Chapadão do Sul, Corumbá, Dourados, Naviraí, Paranaíba, São Gabriel do Oeste e Três Lagoas. Entre elas, a movimentação apurada foi de R$ 20 milhões, apenas com chocolate, daí a projeção para todo o Estado. Os valores de intenção de compra variam de R$ 83 em São Gabriel do Oeste até R$ 33 em Dourados e Paranaíba. A média fica em torno de R$ 44 em cada presente, levemente menor do valor observado no ano passado, que foi de R$ 45. Em média, cada consumidor pretende comprar 2 presentes.

Municípios

Em Campo Grande, deverão circular R$ 11 milhões. Da PEA (População Economicamente Ativa) da Capital, 88% vão às compras de ovos de Páscoa (72%) ou chocolates (24%). Mesmo quando grande parte dos consumidores ainda não recebeu o salário de abril, eles pretendem gastar, em média, R$ 36,00 em cada presente, e a maioria, deverá comprar até dois ovos. A forma de pagamento preferida será à vista, sendo que 82% pagarão em dinheiro e 13% com o cartão de débito.

O segundo maior movimento do Estado é esperado para Três Lagoas, R$ 2,3 milhões. Ao redor de 89% da população economicamente ativa irão às compras de ovos de Páscoa (59%) ou chocolates (41%). Os consumidores pretendem gastar, em média, R$ 40,00 em cada presente, e a maioria, deverá comprar até dois ovos. A forma de pagamento preferida será à vista, sendo que 75% pagarão em dinheiro e 5% com o cartão de débito.

Felpuda


Em uma das eleições em MS, candidato já oficializado na convenção corria o trecho para conquistar os eleitores. Mal sabia, porém, que time do seu partido e de aliados estava tramando sua derrubada para emplacar substituto que teria mais votos. Por muito pouco, o dito-cujo não foi guilhotinado, conseguindo salvar o pescoço. Agora tudo indica que o mesmo processo estaria em andamento e seria mais fácil, pois a “vítima” desta vez ainda é só pré-candidato. Dizem que a “turma da trairagem” tem know-now no assunto.