VÁRZEAS DO RIO IVINHEMA

Parque estadual não registrou incêndio

Parque estadual não registrou incêndio
04/09/2012 15:31 - Da redação


Equipes de administração e monitoramento do Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema saíram do local no domingo (2), após uma semana de trabalhos e atividades de limpeza, e não registraram nenhum foco de incêndio.

Conforme o gerente de Unidades de Conservação (GUC) do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), Leonardo Tostes, informações inverídicas foram publicadas sobre um incêndio no Parque. “O Parque não teve incêndio conforme informações de notícias locais. Houve um pequeno foco de incêndio há dias atrás, que surgiu dentro de uma ilha no Parque e não teve consequências”, afirmou Leonardo.

Uma equipe composta por quatro agentes do Imasul e dez brigadistas, junto ao guarda-parque, que fez a manutenção da área, esteve no local na última semana. “Não constatamos incêndio algum. Tivemos no Parque realizando limpeza e manutenção. Realizamos monitoramento constante no Parque e visitas bimestrais. O Imasul está presente nas ações e no monitoramento da unidade de conservação”, destacou o gerente de Conservação do Imasul.

O último incêndio registrado no local aconteceu em março deste ano, quando o fogo avançou sobre uma área de 52 mil hectares. A perícia deste incêndio apontou causas naturais. “A região é propícia a raios, que acabam causando incêndios”, afirmou Leonardo.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".