segunda, 23 de julho de 2018

FRONTEIRA

Parque dos Ervais será o maior complexo esportivo e cultural

6 FEV 2011Por EDILSON JOSÉ ALVES – PONTA PORÃ09h:00

O Parque dos Ervais “Prefeito Aires Marques” depois de construído será o principal ponto para a prática de esportes e lazer para a população residente na região de fronteira com o Paraguai. A obra vai ocupar uma área de sete hectares permutada pela Prefeitura de Ponta Porã com o Ministério do Exército.

O parque, segundo o prefeito Flávio Kayatt (PSDB), se trata de um complexo cultural, esportivo e de lazer, cujas obras deverão ser concluídas em no máximo 18 meses. No local serão investidos R$ 22 milhões, sendo que 50% para a execução da primeira etapa já foram liberados. A obra ficará à vista dos turistas que chegam à fronteira, estando situada na avenida Brasil esquina com a rua Comandante Cardoso.

Nos sete hectares destinados ao Parque serão construídos campo de futebol, pista para caminhada, rapel, teleférico, teatro de arena, lagos, praças e quadras poliesportivas. No local também será construído um museu contando a história de quase um século da cidade e do ciclo da erva mate que ajudou no desenvolvimento econômico e social de Ponta Porã.

A parte do museu deverá atrair os turistas que diariamente visitam a fronteira do Brasil com o Paraguai, que oferece poucas opções além das compras no comércio de Pedro Juan Caballero. Com mais atrações os visitantes deverão permanecer por mais tempo, movimentando a economia no lado brasileiro.

Atualmente, apesar de ser uma cidade histórica e muito movimentada por turistas brasileiros e estrangeiros, Ponta Porã conta com apenas um museu particular que retrata a história e o quanto foi importante a erva-mate no cotidiano da fronteira. O novo museu terá uma arquitetura arrojada e moderna assinada pelo arquiteto Ruy Ohtake. Com um novo e moderno espaço cultural, o município espera preservar a identidade regional e atrair mais turistas para a região.

Também está previsto a construção de oito praças, locais que segundo a Prefeitura Municipal, serão destinados para as pessoas de todas as faixas etárias para praticarem esportes, inclusive alguns radicais como rapel. Os visitantes também poderão fazer caminhadas ecológicas e recreação.

O primeiro complexo esportivo e cultural de Ponta Porã também terá espaço para teatro de arena; amplo estacionamento; quadras poliesportivas e de vôlei de areia; campo de futebol society com grama sintética; bancos e mesas de jogos; fonte luminosa flutuante; equipamentos de ginástica. Uma trilha ecológica que vai aproveitar de maneira inteligente a estrutura do bosque natural já existente no local. Outro atrativo será a Praça das Águas com construção de dois lagos e fonte luminosa.

Permuta
A área destinada para construção do parque, localizada na Avenida Brasil, foi desocupada pelo Exército. Os militares que moravam no local, demoliram suas casas e se mudaram para novas residências construídas pela Prefeitura Municipal através do acordo que resultou na permuta do local. As novas residências dos militares foram edificadas em terreno em frente ao Hospital da Cassems, na rua Guia Lopes, região do bairro Santa Isabel.
 

Leia Também