Quarta, 13 de Dezembro de 2017

Parlamento destitui presidente da Ucrânia e convoca eleições

22 FEV 2014Por FOLHAPRESS16h:45

O Parlamento ucraniano destituiu hoje o presidente do país, Viktor Yanukovich, por "abandono de suas funções constitucionais" e convocou eleições presidenciais antecipadas para o dia 25 de maio.

Mais cedo --por volta das 16h10 locais e 11h10 no horário brasileiro--, Yanukovich foi à televisão para dizer que não tinha a intenção de renunciar. Durante discurso exibido pelo canal "UBR" --que acredita-se ter sido feito da cidade de Kharkiv, no nordeste do país--, ele denunciou um "golpe de Estado".

"Há um golpe de Estado no país", declarou. "Não tenho a intenção de apresentar minha demissão. Sou um presidente eleito legitimamente. Não tenho a intenção de sair do país", completou Yanukovich, que também disse que as decisões do Parlamento são "ilegítimas".
Em Kiev pela manhã, manifestantes tomaram o escritório de Yanukovich e declararam a ocupação de todos os edifícios da administração oficial. O policiamento ostensivo também deixou as ruas da capital do país.
 

Leia Também