Quarta, 21 de Fevereiro de 2018

BAHIA

Parentes de meninas decapitadas depõem

22 NOV 2010Por G113h:33

Parentes das duas adolescentes de 13 e 16 anos que foram decapitadas neste sábado (20), em Salvador (BA), prestam depoimento à Polícia Civil nesta segunda-feira (22). Segundo a investigação, Gabriela Alves Nunes, de 13 anos, e Janaína Brito Conceição, de 16 anos, estavam desaparecidas há alguns dias. Os corpos foram sepultados no sábado.

O delegado titular da 4ª Delegacia da Polícia Civil de Salvador, Omar Andrade, disse que os corpos das meninas foram encontrados perto de um carro abandonado, com portas abertas e porta-malas sujo de sangue. Ainda de acordo com ele, a família recebeu uma ligação com pedido de resgate.


O tio de Janaína, que é bombeiro e prefere não se identificar, disse que um bilhete foi deixado por elas afirmando que estavam bem e que não era para as famílias ficarem preocupadas.

O pai de Janaína, que é policial militar, contou que no mesmo dia, recebeu ligações com pedido de resgate. “Disseram que sabiam que eu era policial e por isso queriam duas armas e R$ 50 mil como resgate”.

Gabriela Alves Nunes, de 13 anos, morava com os avós. Cosme Raimundo Paranhos, avô da adolescente, disse que soube que as meninas haviam fugido quando chegou do trabalho na quinta-feira (18). No outro dia, também receberam a ligação com o pedido de resgate. Segundo a família, Gabriela falou com a avó e disse que tinham cortado a testa dela e estava sofrendo ameaça de morte.

A família de Gabriela disse que ela sempre utilizava internet e suspeita que ela tenha conhecido pessoas erradas em sites de relacionamentos.

Leia Também