Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Paraguai pode ter registrado casos de febre amarela urbana, diz Opas

21 MAR 08 - 09h:52
     

        A Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) informou que há ?99% de chance? de que, pela primeira vez desde os anos 40, a região tenha registrado casos de febre amarela urbana, em um bairro de San Lorenzo, cidade-dormitório na região metropolitana de Assunção, no Paraguai. A Opas auxiliará o governo paraguaio a concluir uma investigação sobre nove pessoas infectadas no Bairro de Laurelty.  

         

        Três delas morreram. Todos os doentes eram vizinhos e, na área, que não tem matas próximas, não foram encontrados mosquitos silvestres transmissores da doença, mas altíssimas infestações do mosquito da dengue, o Aedes aegypti, transmissor da febre amarela nas cidades.  O alto índice de infestação do mosquito da dengue, que passava dos 20% antes da borrifação de veneno no local, é o principal indício de que se trata de febre amarela urbana.

        Com informações do Estadão

         

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Time feminino do Corinthians encerra temporada histórica
FUTEBOL

Time feminino do Corinthians encerra temporada histórica

Campo Grande está sediando evento religioso nacional de luteranos

Campo Grande está sediando evento religioso nacional de luteranos

MONITORAMENTO

Barragem com rejeitos nucleares em MG terá novo sistema em 14 meses

Estrutura integra mina de urânio desativada em 1995
De região atingida por queimada no Pantanal, mais de 30% foi consumida pelo fogo
RESCALDO

No Pantanal, mais de 30% de região do Rio Negro foi consumida pelo fogo

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião