Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CAMPO GRANDE

Para prefeito, chuva não atrasa término de obras

16 SET 10 - 02h:31Daniella Arruda e Silvia Tada


Obras para contenção de enchentes tiveram uma pequena parada por conta da chuva da última terça-feira, mas, por estarem adiantadas, o cronograma de atividades não ficou prejudicado. A avaliação é do prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad, que estima que no início de dezembro as quatro frentes de obras estejam concluídas. São elas: a Rua Ceará, na altura do campus Anhanguera/ Uniderp,  Ricardo Brandão, abaixo do viaduto da Ceará, Mato Grosso com Via Parque e o acesso ao Shopping Campo Grande pela Avenida Afonso Pena.
“Hoje (ontem) de manhã, percorri todas as obras e elas estão até adiantadas. Se o tempo continuar ajudando, vamos entregar todas dentro do prazo”, disse o prefeito.
As obras, de caráter emergencial, integram projeto de contenção de enchentes financiado com verbas do Ministério das Cidades, por meio da Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec) e registro no documento Formulários de Avaliação de Danos (Avadan), ao custo total de R$ 13 milhões, compreendendo série de intervenções nas galerias de águas pluviais situadas nas ruas Ceará, Ricardo Brandão, Mato Grosso e Paulo Coelho Machado. Deste total de recursos, R$ 3 milhões foram destinados para a primeira etapa, que inclui as imediações da Rua Ceará e Avenida Ricardo Brandão, onde foram verificados os danos de maior gravidade. A prefeitura ainda aguarda pela liberação dos outros R$ 9 milhões.

Asfalto
Paralelamente às obras subterrâneas, foi realizado trabalho de recapeamento das vias públicas situadas no entorno dos córregos Prosa, Vendas e Sóter, que concentraram mais estragos por causa das chuvas de 27 de fevereiro deste ano. A recuperação do asfalto do último trecho, que compreende a Rua Joaquim Murtinho a partir da rotatória com a Avenida Eduardo Elias Zahran e Ceará até a Rua Pestalozzi, próximo ao Centro de Convivência Vovó Ziza, foi concluída na semana passada.
Ao todo, foram recapeadas toda a extensão da Joaquim Murtinho entre a Rua Rui Barbosa e a rotatória com a Rua Ceará; a Rua Pestalozzi, entre as ruas Joaquim Murtinho e Ricardo Brandão; Jeribá, entre as rotatórias da Ricardo Brandão e Rua Raul Pires Barbosa; Rubens Gil de Camilo, da rotatória com a Ricardo Brandão até o cruzamento com a Avenida Afonso Pena; e trecho da Ricardo Brandão, das proximidades do viaduto com a Rua Ceará até a rotatória de acesso às ruas Jeribá e Rubens Gil de Camillo.
Atualmente, a prefeitura está realizando recapeamento das ruas Doutor Antônio Arantes e Raul Pires Barbosa, na região da Chácara Cachoeira. Estas obras não fazem parte do projeto de contenção de enchentes financiado pelo governo federal.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

DIZ PESQUISA

Faturamento online com Black Friday deve crescer 18% ante 2018

Turnê de despedida do Kiss vai passar por São Paulo e mais 5 cidades brasileiras
ROCK

Turnê de despedida do Kiss vai passar por São Paulo e mais 5 cidades brasileiras

BACIA DE SANTOS

Petrobras inicia produção de petróleo e gás natural no campo de Berbigão

EX-PRESIDENTE

Morales pede intercessão da ONU e do papa para pacificar a Bolívia

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião