Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

EUA

Para interpretar Hendrix, músico aprende a tocar como canhoto

Para interpretar Hendrix, músico aprende a tocar como canhoto
11/03/2014 04:00 - FOLHAPRESS


O músico Andre 3000, do Outkast, teve de treinar para tocar guitarra com a mão esquerda durante seis horas por dia, na preparação para viver Jimi Hendrix (1942-1970) no cinema. Ele fará o lendário guitarrista americano na cinebiografia "All Is By My Side".

As informações são da revista "Billboard".

Segundo o produtor do filme, Danny Bramson, o guitarrista Waddy Wachtel regravou as músicas da trilha sonora, tocando com o estilo de Hendrix. Mas Andre 3000 precisava ser convincente na sua interpretação.

"A ideia de qualquer pessoa interpretando Hendrix, ainda mais essa pessoa sendo um guitarrista destro, foi um dos maiores desafios do projeto", disse Bramson à "Billboard". 

"Eu encontrei um professor muito paciente e criei uma rotina para Andre quando ele veio para Los Angeles. Ele se sentava num estúdio, seis horas por dia, se dedicando muito [a aprender a tocar com a mão esquerda]. Seu estilo como guitarrista tinha que carregar as ideias de graça e fluidez. John [Ridley, diretor do filme] e eu decidimos que não queríamos a câmera no rosto dele, sem a guitarra. Ele continuou treinando numa sala à parte ao longo da produção."

O filme é escrito e dirigido por John Ridley, que recentemente venceu o Oscar de melhor roteiro adaptado com "12 Anos de Escravidão".

A trama conta a vida de Hendrix entre 1966 e 1967, período no qual ele se mudou para Londres, formou a banda Experience e fez um show histórico no Monterey Pop Festival, no estado norte-americano da Califórnia.

"All Is By My Side" não terá nenhuma música escrita ou composta por Jimi Hendrix na trilha sonora, uma vez que o espólio do guitarrista não autorizou seu uso.

Em vez disso, Andre 3000 tocará músicas dos Beatles e de Muddy Waters regravadas pelo próprio Hendrix na década de 1960.

Não há previsão de estreia do longa no Brasil.
 

Felpuda


Ao que tudo indica, partido teria criado “racha” apenas visando jogar para a plateia, e, assim, quem estava com a corda toda anunciou que se prepara para o desembarque. Nos bastidores o que se ouve é que o tal fundo partidário seria o motivo da desavença e que quem nunca comeu mel quando come se lambuza. Só que não. A estratégia é continuar “dono” da atual legenda e “tomar a frente” de partido que está em fase embrionária. Tudo inspirado na “velha política”.