Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Para Dagoberto, relação com PT é harmônica

5 ABR 10 - 22h:12
Criticado por aceitar a indicação da ex-primeira-dama do Estado, professora Gilda dos Santos, para ser sua primeira-suplente na disputa por vaga de senador, sem consultar o PT, o deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT) afirmou que as divergências com os petistas ficaram no passado e garantiu manter relação harmônica com os parlamentares do partido. “A nossa relação está consolidada”, declarou. “Daqui uns dias vamos tirar novamente fotos juntos para acabar de vez com esses boatos (de crise)”, completou.

Segundo Dagoberto, a sugestão do presidente regional do PDT, João Leite Schimidt, para indicar Gilda como sua suplente, realmente incomodou os petistas. “Eles queriam ter sido consultados”, admitiu. “Mas o mal-estar já passou”, assegurou.

Sobre o fato de deputados do PT estarem enciumados com a aproximação do ex-governador José Orcírio dos Santos (PT) com lideranças do PDT, Dagoberto explicou que só participa de eventos do petista no interior quando nenhum parlamentar do partido aliado pode estar presente no ato. “Vou com o Zeca (Orcírio) para ele não ir sozinho”, disse. “Até mesmo porque eu, o Zeca e o Delcídio (senador Delcídio do Amaral) combinamos que, por enquanto, cada um iria para um lado para atender todo o Estado”, justificou. “Mas, vamos começar a andar juntos em breve”, reforçou. (LK)
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Troca do jornalismo para o entretenimento tem riscos e falta de espaço
CANAL 1 - FLÁVIO RICCO

Troca do jornalismo para entretenimento tem riscos

Sob vaias, Vasco vence Resende e se recupera após 1º tropeço na temporada
FUTEBOL

Sob vaias, Vasco vence Resende e se recupera após 1º tropeço na temporada

Carro cai no rio Anhanduí, no Aero Rancho, e homem de 24 anos morre
ACIDENTE

Carro cai no rio Anhanduí
e homem de 24 anos morre

DECISÃO

STF decide se Receita pode compartilhar dados sem aval da Justiça

Mais Lidas