Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Para Dagoberto, relação com PT é harmônica

5 ABR 10 - 22h:12
Criticado por aceitar a indicação da ex-primeira-dama do Estado, professora Gilda dos Santos, para ser sua primeira-suplente na disputa por vaga de senador, sem consultar o PT, o deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT) afirmou que as divergências com os petistas ficaram no passado e garantiu manter relação harmônica com os parlamentares do partido. “A nossa relação está consolidada”, declarou. “Daqui uns dias vamos tirar novamente fotos juntos para acabar de vez com esses boatos (de crise)”, completou.

Segundo Dagoberto, a sugestão do presidente regional do PDT, João Leite Schimidt, para indicar Gilda como sua suplente, realmente incomodou os petistas. “Eles queriam ter sido consultados”, admitiu. “Mas o mal-estar já passou”, assegurou.

Sobre o fato de deputados do PT estarem enciumados com a aproximação do ex-governador José Orcírio dos Santos (PT) com lideranças do PDT, Dagoberto explicou que só participa de eventos do petista no interior quando nenhum parlamentar do partido aliado pode estar presente no ato. “Vou com o Zeca (Orcírio) para ele não ir sozinho”, disse. “Até mesmo porque eu, o Zeca e o Delcídio (senador Delcídio do Amaral) combinamos que, por enquanto, cada um iria para um lado para atender todo o Estado”, justificou. “Mas, vamos começar a andar juntos em breve”, reforçou. (LK)
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Em uma hora, temporal causa alagamentos e deixa estragos na Capital; Veja Vídeo
CHUVA INTENSA

Em uma hora, temporal causa alagamentos e deixa estragos na Capital; Veja Vídeo

BRASIL

Justiça nega pedido para instalação de barreiras contra o óleo no litoral de Sergipe

BRASIL

Palácio tenta 'trégua' com ala bivarista

BRASILEIRÃO 2019

Presidente do Santos quer reunião com Ceará para repudiar atos racistas

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião