Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Para analistas, petróleo abaixo de US$ 50 afeta exploração do pré-sal e etanol

23 NOV 08 - 16h:30
     

 

A queda do preço do barril de petróleo, que perdeu dois terços de seu valor desde o pico de quase US$ 150 atingido pelo barril em junho, promete ser um empecilho para duas "vedetes" do mercado brasileiro: o crescimento internacional etanol e a exploração do petróleo do pré-sal. Entretanto, segundo especialistas ouvidos pelo G1, a tendência é que o abalo seja de curto prazo e que os investidores voltem após o fim da turbulência internacional.

Para especialistas, caso a queda continue para níveis inferiores a US$ 40, a exploração do pré-sal pode se tornar mais economicamente inviável. ?Pelos próximos 12 a 14 meses, a média não fica acima de US$ 50 ou US$ 60. A dúvida é se vai estabilizar nos US$ 50 ou nos US$ 60. Antes de 2010, não teremos petróleo na casa dos US$ 100 novamente?, diz Adriano Pires, professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Com informações do G1

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Felpuda

AUTOPROCLAMADA

Presidente interina da Bolívia promete eleições o mais rápido possível

Vasco empata com Flamengo em clássico eletrizante
INCRÍVEL

Vasco empata com Flamengo em clássico eletrizante

COMITIVA

OCDE conclui missão no Brasil sobre medidas de combate à corrupção

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião