Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 21 de novembro de 2018

Capital

Para 37,7% dos condutores não há vagas para estacionar no centro

16 AGO 2012Por VÂNYA SANTOS10h:20

Pesquisa feita pelo Instituto de Pesquisa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Mato Grosso do Sul (Fecomércio) aponta que para 37,7% dos entrevistados não há vagas suficientes para estacionar no centro de Campo Grande.

A maioria das pessoas que utilizam comércio e serviços dessa região desloca-se de transporte coletivo (49%) ou de veículo próprio (36%). Mais de 8% vão de carona, 4,5% a pé e 1% de bicicleta. A maioria vai todos os dias (53%). Cerca de 42% para o trabalho, 24% para as compras, 10% para negócios e 9% para consulta médica. Os motivos predominantes para utilizar o veículo próprio são a rapidez (19,1%) e o menor tempo gasto (19,1%).

Cerca de 63,3% das pessoas que utilizam veículos próprios para locomoção consideram o número de vagas ruim e estacionam onde é possível. Do total, apenas 36,7% conseguem estacionar onde querem. Já 84% dos usuários de transporte coletivo avaliaram como ruim o estacionamento de veículos.

Das pessoas que se deslocam ao centro, independente do meio de transporte, 77% avaliaram o trânsito como ruim; 66% reclamaram da sinalização e dos semáforos e 46% da falta de segurança. A pesquisa foi realizada entre os dias 2 a 7 de julho, no quadrilátero da Avenida Calógeras, Rua 26 de agosto, Rua José Antônio e Avenida Mato Grosso. Ao todo, 400 pessoas, sendo 200 empresários e 200 pessoas que circulavam no local, foram entrevistadas. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também