Terça, 12 de Dezembro de 2017

Avanço

Pâncreas artificial promete acabar com injeções de insulina

24 JAN 2014Por R715h:29

Cientistas britânicos da Universidade de Montfort, em Leicester, desenvolveram um aparelho que promete revolucionar o tratamento do diabetes. O dispositivo funciona como um pâncreas artificial, liberando insulina na corrente sanguínea. A informação é do site Daily Mail desta sexta-feira (24).

De acordo com a publicação, o equipamento é implantado no abdômen e, por meio de um cateter [tubo fino], administra a insulina de forma contínua.

O refil de insulina do dispositivo deve ser recarregado a cada duas semanas.

Segundo o professor de farmácia da Universidade de Montfort Joan Taylor, o aparelho garante que as doses sejam cada vez mais precisas e deve ser inserido cirurgicamente.

— Este dispositivo é barato e simples de usar. Ele tem o potencial de trazer um fim às injeções diárias para diabéticos.

Testes em humanos devem começar em 2016 e os pesquisadores esperam que os primeiros implantes entrem no SNS (Sistema Nacional de Saúde) dentro de uma década.

Leia Também