Sexta, 15 de Dezembro de 2017

Panamera ganha novos motores 6 cilindros

23 JUL 2010Por 10h:49
Nelson Oliveira, do AutoMotor/Portugal, exclusivo para Auto Press

A gama do Porsche Panamera passa agora a contar na Europa com duas novas versões V6 a gasolina, que complementam as elitistas versões V8 que marcaram a fase inicial de vendas. Os novos Panamera e Panamera 4 recorrem ao novo motor V6 de 3.6 litros de 300 cv e 40,8 kgfm, e têm como principal missão garantir metade das vendas anuais do modelo mais familiar da marca.
Além de apontar o Panamera a um novo tipo de clientela, as novas configurações V6 – que apareceram oficialmente durante o Salão de Pequim, em abril passado – fazem mais sentido neste Gran Turismo do que em qualquer outro esportivo da Porsche – excluindo, é claro, o utilitário Cayenne. Afinal, o Panamera – que mede 4,97 m de comprimento, 1,93 m de largura e 1,42 m de altura – não é apenas um esportivo “puro e duro”, sendo também capaz de oferecer uma experiência de condução mais orientada para o conforto do que a do Porsche 911. Por isso, para os clientes que não praticam uma condução 100% empenhada, mas que também desejam sentir o “feeling” Porsche, as novas versões V6 são bem competitivas. O Panamera parte de 107 mil euros, equivalente a R$ 227 mil, enquanto o Panamera 4 surge por R$ 109 mil euros, cerca de R$ 243 mil.
O motor V6 foi criado com base no bloco V8, com o qual partilha cerca de 40% dos componentes. Esta base mecânica garante-lhe uma arquitetura sofisticada, incluindo a utilização de materiais leves, como o alumínio e o magnésio. Acoplado ao câmbio automático PDK de dupla embreagem – no Panamera 4 –, o motor pesa 183 kg, sendo que o peso total do veículo é de 1.730 kg. Além de manter o peso sob controle, a Porsche adaptou as relações da transmissão PDK ao regime específico do motor e adicionou um sistema Start/Stop otimizado, com uma resposta mais rápida e suave. Estas medidas contribuem para que a versão Panamera PDK reclame consumos ponderados,em torno dos 9,5 l/km. A eficiência energética do V6 é sempre louvável, especialmente em um mercado cada vez mais preocupado com emissões. Com o novo propulsor, a marca alemã garante que a marca de zero a 100 km/h é cumprida em apenas seis segundos pelo Panamera. E, em apenas 5,8 segundos, pelo Panamera 4. As principais diferenças visuais do Panamera V6 são os vidros escurecidos e a presença de uma dupla saída de escape na traseira. Com a nova unidade de força, o modelo está pronto para a briga com rivais como o Jaguar XF e o Mercedes-Benz CLS 350.

Leia Também