Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

Copa do Brasil

Palmeiras vence o Santo André e avança na Copa

21 ABR 2011Por uol16h:57

O Palmeiras entrou em campo nesta quinta-feira, no Pacaembu, ciente de que poderia perder por 1 a 0 diante do Santo André que avançaria na Copa do Brasil. O trauma deixado pelo Asa de Arapiraca e pelo próprio Santo André, azarões que eliminaram o time alviverde em edições anteriores do torneio, serviu como alerta. Seguro na defesa, o Palmeiras evitou zebras e venceu o adversário do ABC por 1 a 0, resultado que o leva às quartas da competição.

A primeira partida entre Palmeiras x Santo André terminou com vitória alviverde por 2 a 1, no ABC.

O próximo adversário do Palmeiras na Copa do Brasil sairá do confronto entre Coritiba x Caxias. No primeiro duelo, o Coritiba goleou por 4 a 0.

Para o duelo no Pacaembu, Luiz Felipe Scolari pôde utilizar time completo. Valdivia retornou após sentir dores musculares. Reforço alviverde, Wellington Paulista começou como opção na reserva.

O Santo André apostou na tática de tentar anular Kleber e Valdivia. Os dois eram vigiados de perto pela defesa do time do ABC no primeiro tempo. Magno seguia os passos do meia chileno. A cada lance envolvendo Valdivia e Magno, os dois se estranhavam.

Sobraram cartões amarelos e reclamações no primeiro tempo e faltaram lances de perigo de gol. No principal momento da etapa inicial, Luan errou arremate dentro da área após cruzamento de Cicinho.

O Santo André evitou partir para o ataque apesar da necessidade da vitória para continuar na Copa do Brasil. O plano era apostar nos contragolpes. Já o Palmeiras apresentou dificuldade para avançar, mas controlou o jogo nos 45 min iniciais, com Deola basicamente como um mero espectador.

O segundo tempo começou de forma intensa, bem diferente  da apatia apresentada por ambos os times nos 45 min iniciais. Deola impediu o gol de Célio Codó logo aos 2 min do segundo tempo. O goleiro fez defesa espetacular em jogada de escanteio.

Kleber e Valdivia seguiam com marcações especiais. O chileno, ao seu estilo, chutou o ar na frente do “carrapato” Magno, furando a bola de propósito. O lance fez a torcida alviverde delirar no Pacaembu.

Mais adiantado no ataque em relação ao primeiro tempo, o Palmeiras buscou definir a classificação. O time do Palestra pressionou o Santo André, perdeu boas chances de abrir o placar. Kleber e Rivaldo desperdiçaram finalizações fora da área.

Notando a dificuldade do time em arrematar a gol, a torcida do Palmeiras pediu a entrada de Wellington Paulista aos 15 min da etapa complementar. Felipão não atendeu o pedido do público.

O Palmeiras comandou a partida no segundo tempo, mas não concluía a gol. Até mesmo Marcos Assunção era parado pela barreira nas faltas próximas à meta.

O Santo André, por sua vez, não dava sinais de que precisava fazer pelo menos dois gols no segundo tempo para seguir com vida na Copa do Brasil. Com exceção da jogada aos 2 min do segundo tempo, a equipe do ABC apresentou lentidão na saída para o ataque.

Danilo fez o Palmeiras ficar ainda mais perto das quartas. O zagueiro se antecipou em lance de escanteio, escorando de cabeça para a meta, aos 32 min da etapa final.

Depois do gol alviverde, Valdivia voltou a levantar a torcida, confundindo a zaga do Santo André com suas furadas intencionais.

Kleber desperdiçou a chance de sacramentar a vitória. O atacante bateu a penalidade na trave, a seis minutos do fim.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também