Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Palmeiras procura encontrar equilíbrio em campo, contra Ituano

24 JAN 10 - 07h:30
     São Paulo
        O Palmeiras tenta esquecer a arbitragem para voltar a vencer no Campeonato Paulista. Após um fraco desempenho e muitas reclamações no empate com o Barueri por 2 a 2, na última quinta-feira, o time reencontra a torcida hoje, às 16h (MS), para enfrentar o Ituano, no Palestra Itália.
        Os torcedores estão na dúvida sobre o que podem encontrar quando os jogadores subirem ao gramado. Um time envolvente e ousado como na estreia do Estadual, nos 5 a 1 sobre o Mogi Mirim, ou uma equipe sem variação tática e perdida na armação, como no empate de Presidente Prudente? Além de tentar repetir a boa atuação do jogo inicial, o elenco espera não ter problemas com a arbitragem.
        Tentando não se preocupar com o árbitro, Muricy Ramalho deve manter o time que empatou com o Barueri. Deyvid Sacconi, apesar de ter marcado gol, teve dificuldades em armar as jogadas, mas deve ganhar outra chance como titular - William ficará na reserva. "O time tem um desenho tático, está jogando bem", elogiou Muricy. "Não tem por que mudar".
        O esquema 4-4-2, que o treinador imagina usar no ano, ainda mostra falhas. "Temos de tomar cuidados defensivamente, não podemos dar contra-ataques", alertou. Sem Maurício Ramos, machucado, Léo e Danilo seguem como a dupla de zaga. Muricy quer um cuidado principalmente com os volantes. Pierre e Márcio Araújo já melhoraram o toque de bola no meio de campo, mas ainda deixam espaço para os adversários chegarem com perigo à meta de Marcos.
        Ao mesmo tempo em que se preocupa com a defesa, o treinador pede para a diretoria contratações urgentes no ataque. Robert continua como a principal referência na frente - Diego Souza não é atacante e sai bastante do meio, com Cleiton Xavier e Sacconi apoiando Robert.
        
        
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Alvos de ameaças, senadores contrários ao decreto de armas podem ter escolta

EDUCAÇÃO

Brasil perde liderança no ranking das melhores universidades da América Latina

BRASIL

Pesquisa mostra que 97% das mulheres já sofreram assédio em transporte

78 SETORES

Autorização para trabalho aos domingos e feriados será permanente

Mais Lidas