segunda, 16 de julho de 2018

jurídico

Palmeiras não vai recorrer da perda de mando

16 NOV 2010Por São Paulo02h:40

O departamento jurídico do Palmeiras desistiu de pedir recurso suspensivo ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para evitar a punição de perda de dois mandos de campo no Campeonato Brasileiro, além de multa de R$ 10 mil. Como o time não tem mais pretensões na competição, aceitou enfrentar Atlético-MG e Fluminense atuando a 100 km de São Paulo, na cidade de Araraquara.

"O motivo de não pedirmos é bem simples. Nós não temos mais pretensões no Campeonato Brasileiro. Nosso foco agora é a Sul-Americana. Além disso, o Palmeiras é uma equipe grande que tem muitos torcedores em todo o estado", afirmou José Mauro Filho, advogado do Palmeiras, em declaração ao site Justiça Desportiva.

O Palmeiras foi punido por conta dos incidentes durante clássico contra o Corinthians, em 24 de outubro. Na condição de visitante, os torcedores do clube atiraram objetos por cima do Pacaembu, danificaram carros de imprensa e cuspiram naqueles que se dirigiam aos vestiários. Por não prevenir os problemas, o Timão foi punido com uma perda de mando de campo, já revertida.

Por outro lado, os jogadores titulares do Palmeiras não tiveram folga na manhã de ontem. Com a proximidade do confronto decisivo diante do Goiás, amanhã, pela semifinal da Copa Sul-Americana, atibuído como "jogo do ano" para o elenco alviverde, os atletas que não aturam na derrota contra o Atlético-Go pelo Campeonato Brasileiro foram à Academia de Futebol e fizeram atividades físicas sob o comando de Luiz Felipe Scolari.

Leia Também