Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Palmeiras busca liderança contra embalado Fluminense

7 NOV 09 - 19h:30
     

        Da redação

        O Palmeiras já mostrou neste Campeonato Brasileiro que não se intimida com estádio lotado. De virada, bateu o Cruzeiro por 2 a 1, em pleno Mineirão. Neste domingo, às 16 horas, essa habilidade será posta à prova para retomar a liderança. O time alviverde encara um Maracanã com grande público, disposto a empurrar o embalado Fluminense para cima da tabela.
        Por coincidência, a animação do time carioca vem de uma virada sobre o mesmo Cruzeiro, na casa do rival. Reverteu dois gols de desvantagem, venceu por 3 a 2 e voltou a acreditar na fuga do rebaixamento. Já são seis jogos sem derrota no Brasileirão. A classificação às semifinais da Sul-Americana no meio de semana, após vitória heroica por 1 a 0 sobre o Universidad de Chile, em Santiago, só aumentou a esperança.
        A reação do Fluminense passa pelo atacante Fred, que marcou sete vezes nos últimos 7 jogos. "Temos de ter atenção com ele, é um goleador, perigoso dentro da área", advertiu o técnico palmeirense, Muricy Ramalho. "Mas não é só ele. Se ficar muito preocupado com um, pode sobrar para o Maicon, ou para o Conca, que arma jogadas".
        O clube alviverde não terá o goleiro Marcos, expulso no clássico contra o Corinthians, e o atacante Ortigoza, que levou o terceiro cartão amarelo. Volta ao time após suspensão o volante Sandro Silva, substituto do machucado Edmílson. A novidade está no banco: depois de 2 meses, o volante Pierre voltou a ser relacionado, mas dificilmente entrará em campo no Rio de Janeiro
        Um simples empate basta para que o time de Muricy passe o São Paulo no saldo de gols. No entanto, não garante a volta à liderança. Se o Atlético Mineiro bater o Flamengo, em Belo Horizonte, o time da casa assume a ponta. Por isso, a vitória sobre o Fluminense é encarada como uma necessidade. "É muito importante a vitória e esperamos conseguir", afirmou Muricy, que espera pressão dos donos da casa e admite jogar nos contra-ataques. "Empatar, para eles, é muito ruim".(informações do Estadão)
        
        

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ASILADO NO MÉXICO

Em novo dia de protestos, Evo diz que pode voltar à Bolívia para 'pacificar' país

BRICS

Reformas vão tornar Brasil mais atrativo a negócios, diz Bolsonaro

Dólar vai a R$ 4,18 e tem maior cotação desde setembro de 2018
MERCADO FINANCEIRO

Dólar vai a R$ 4,18 e tem maior cotação desde setembro de 2018

Salário de negros teve queda ao mesmo tempo em que brancos ganharam mais
DESIGUALDADE SOCIAL

Salário de negros teve queda ao mesmo tempo em que brancos ganharam mais

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião